(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Um estudo realizado entre pesquisadores da National Science Foundation e da Universidade do Alabama apontou que 75% das pessoas jovens que não possuem uma casa para morar acessam algum tipo de rede social com frequência.

De acordo com a pesquisa, realizada com 65 moradores de rua e 237 estudantes universitários da região – todos com idades próximas a 19 anos –, 90% de todos os jovens analisados passam mais de uma hora por dia conectados ao Facebook, Twitter e outros sites de relacionamento.

Embora o estudo tenha pouca abrangência, conforme publicado pelo site The Atlantic, Rosanna Alabama Guadagno, líder da pesquisa, diz que ele serve para que os governos repensem o conceito de exclusão digital e a sua distribuição entre as novas gerações das classes menos favorecidas.

Fontes: ScienceDirect, The Atlantic

Cupons de desconto TecMundo: