(Fonte da imagem: Reprodução/Mashable)

Os adolescentes passam a maior parte do seu dia conectados à internet, usando algum tipo de ferramenta social — como o Facebook, emails ou celulares. E, segundo uma pesquisa feita pela empresa AWeber, se essas redes deixassem de existir, cerca de 18% dos jovens norte-americanos deixariam de estabelecer laços pessoais.

Ainda segundo o estudo, essa situação seria causada pelo fato de que as redes sociais têm tomado um espaço muito grande dentro da rotina dos adolescentes. Com isso, a inexistência delas deixaria um “buraco” muito grande e eles não saberiam — ou não tentariam — se comunicar de outra forma.

Para chegar a essas conclusões, foram entrevistados mais de 900 estudantes. Dessa forma, foi possível traçar um padrão de comportamento e “medir” a importância das redes sociais para esses jovens.

A rotina de um adolescente

Outra conclusão tirada pela AWeber foi o papel de cada instrumento social no dia a dia de um adolescente-padrão norte-americano. Ao acordar, a maioria deles checa os seus respectivos emails. Durante as aulas, grande parte deles usa o Google Plus, Facebook ou Twitter — e depois do colégio eles partem para o YouTube.

O celular é o aparelho mais usado enquanto os jovens percorrem um trajeto e até mesmo em encontros amorosos. No final do dia, eles ainda conversam com os seus amigos pelo Skype. O único momento reservado para uma relação “real e ao vivo” acaba por ser a hora do almoço.

Fonte: Mashable

Cupons de desconto TecMundo: