(Fonte da imagem: Thinkstock)

Um hábito considerado por muitos como tipicamente feminino e condenado pela maioria das pessoas deixou de ser vilão. Especialistas comprovaram que fofocar faz bem à saúde, pois auxilia o controle do stress e da ansiedade.

De acordo com a pesquisa realizada pela British Psychologycal Society, falar da vida alheia faz com que o corpo libere hormônios positivos, como a serotonina, que aumentam os níveis de bem-estar no organismo, deixando a pessoa mais relaxada e feliz. O efeito seria o mesmo que nós sentimos após ingerir chocolate ou praticar exercícios físicos – mas sem as calorias extras ou a necessidade de levantar da cadeira.

Para o psicólogo Colin Gill, que ajudou a desenvolver o estudo, ao fofocar, as pessoas depositam o interesse no que o outro tem a dizer. E assim surgem os laços de amizade e empatia, que são benéficos para o indivíduo. Além disso, a fofoca ajuda a identificar quais comportamentos são aceitos na sociedade, já que envolve julgamento.

A pesquisa indica ainda que as mulheres são realmente as mais propensas a desfrutar dos benefícios da fofoca: 85% das entrevistas afirmaram que consideram muito difícil guardar um segredo. Por isso, em vez de negar que estava falando da vida alheia, aproveite para relaxar.

Via TodaEla