A urina pode gerar energia, de acordo com pesquisadores. (Fonte da imagem: BBC News)

Pesquisadores da University of the West of England, em Bristol, na Inglaterra, conseguiram produzir energia a partir de urina, a qual abasteceu células-combustível microbiais — estas contém o mesmo tipo de bactéria encontrado no solo, no intestino humano e na água de esgoto. Ao que tudo indica, eles foram as primeiras pessoas no mundo a conseguir tal feito.

O processo de respiração anaeróbica da bactéria fornece elétrons, os quais são passados por um eletrodo, gerando energia. Os testes produziram pequenas quantidades de energia, no entanto, mais pesquisas levariam a uma quantidade maior, de acordo com os estudiosos.

“A urina é quimicamente rica em substâncias favoráveis às células-combustível microbiais”, explica o Dr. Ioannis Ieropoulos à BBC News. Ele conclui afirmando que, com o fluxo regulado de urina, é possível imaginar escalas de uso com o potencial de produzir energia o suficiente para abastecer casas e pequenos bairros.

A urina não é exatamente uma coadjuvante em pesquisas científicas. Como você já conferiu no Tecmundo, ela já foi transformada em água e até mesmo em energético. Saindo um pouco da ciência, um designer criou um urinol que filtraria urina para regar plantas.

Cupons de desconto TecMundo: