Um professor de Física Aplicada da Universidade de Princeton, no Reino Unido, desenvolveu um método de propulsão que poderia deixar o tapete mágico do Aladim mais próximo da realidade. A folha de material plástico especial pode levitar a poucos centímetros do chão usando movimentos ondulatórios.

O objetivo do projeto, liderado pelo graduado PhD James Sturm, é criar um dispositivo de propulsão que usa vibrações em alta frequência para deslocar o ar da frente para trás. Esse tipo de movimento pode ser observado em animais marinhos caracterizados pelo corpo plano, como a arraia.

Em entrevista à rede BBC, o professor Sturm revela que o mais difícil foi obter o pleno controle da folha de plástico para aplicar a carga elétrica necessária e manter a propulsão, tarefa que ocupou quase dois anos de pesquisas.

Atualmente, o pequeno dispositivo de 10 cm pode deslocar-se a um centímetro por segundo em uma direção, mas não pode ir muito longe, já que precisa ficar conectado a uma bateria por fios. O próximo passo é viabilizar que a folha seja alimentada por energia solar, permitindo que ela se locomova por distâncias maiores.

Porém, o professor alerta que é pouco provável que o dispositivo seja usado para carregar pessoas um dia, considerando que seria necessária uma folha com mais de 50 metros de área para suportar o peso. Ainda assim, o invento poderia ser bastante útil em missões de exploração em Marte, já que a atmosfera característica do planeta vermelho poderia deixar o “tapete mágico” muito mais eficiente.

Cupons de desconto TecMundo: