Portabilidade. Poucas palavras tiveram tanto impacto no mundo da tecnologia como essa. A possibilidade de levar para qualquer lugar o telefone, o computador e, cada vez mais, o conteúdo armazenado em um disco rígido é uma das maiores apostas da indústria para satisfazer os consumidores.

Se você trabalha com mais de um computador e um deles está em uma rede que não permite a instalação de programas, ficar longe daquele aplicativo que você tanto gosta e se acostumou a usar pode ser um verdadeiro tormento. Alguns deles possuem versões portable, mas o que fazer quando o software em questão não disponibiliza nada do gênero?

Dependendo do aplicativo saiba que é possível criar uma versão portable para ser executada a partir de um pendrive ou cartão de memória. O processo é rápido e prático e o Baixaki ensina o passo a passo para você. Vale lembrar que o procedimento não funciona perfeitamente para todos os tipos de programa.

Alguns deles, por exemplo, funcionam a partir de registros gravados no sistema operacional, o que impede o funcionamento exclusivo via dispositivo portátil. Em geral, programas que necessitam de conexão com a internet não funcionam com esse processo.

A gravação de dados no sistema operacional pode deixar o computador mais lento e, na prática, o aplicativo deixa de se tornar portable. Esses dados garvados podem nem chegar a ser utilizados, tornando-se uma espécie de lixo virtual no disco rígido.

Pré-requisitos

Para criar a versão portable de um aplicativo você vai precisar dos seguintes itens:

 

  • pendrive ou cartão de memória;
  • neste caso, utilizaremos como exemplo o aplicativo PhotoFiltre, mas aqui você pode escolhe o que for do seu interesse.

Faça você mesmo

O primeiro passo é criar uma pasta no dispositivo portátil. Acesse o seu pendrive e crie uma pasta com o nome do programa em questão. Neste caso criamos a pasta "photo".

Crie a pasta

Em seguida instale o aplicativo Universal Extractor (o passo a passo da instalação você encontra na página do programa). Ao terminar o processo execute o programa.

Ao iniciar o software vá primeiramente à opção “Diretório de destino” (1) e selecione a pasta “photo” que você acabou de criar no pendrive.

Selecione as duas opções no Universal Extractor

Em seguida, no campo “Arquivo ou Instalador para Extrair” (2) escolha o arquivo executável do aplicativo PhotoFiltre, neste caso o “pf-setup-en.exe”, e clique em "OK" (3).

O arquivo será descompactado dentro da pasta do pendrive. O próximo passo é deletar a pasta “$PLUGINSDIR”.

Apague a pasta $PLUGINSDIR

Em seguida crie um arquivo TXT com o nome do arquivo executável. Para isso, clique com o botão direito do mouse e selecione as opções “Novo” e “Documento de Texto”. Nomeie o arquivo como PhotoFiltre.ini, ou seja, o nome do programa com a extensão .ini.

 

Crie um arquivo TXT e inicie o aplicativo

Finalmente, dê um duplo clique no arquivo executável para iniciar o programa. Se tudo deu certo ele poderá ser acessado a partir de um dispositivo portátil em qualquer computador. Mais uma vez lembramos que o procedimento não funciona para qualquer tipo de aplicativo, apenas para aqueles que não requerem acesso a informações no registro do sistema operacional.

O que você achou desta dica? Deixe o seu comentário e participe.

Cupons de desconto TecMundo: