A marca nacional de componentes de hardware PCYES! chegou abalando o mercado de informática. Com teclados, mouses, headsets, fontes e até gabinetes, a empresa mostra que entrou para competir com as grandes.

Recentemente, a loja MegaMamute nos enviou o gabinete Pegasus Gamer para avaliarmos as qualidades e novidades que a PCYES! projetou para o consumidor que busca um produto brasileiro de boa qualidade.

Entre as principais características do produto, podemos destacar a utilização de itens tool-free (não é preciso parafusos e chaves especiais para instalar drives), o sistema de ventilação que conta com múltiplas ventoinhas e as portas — incluindo um espaço para instalar um HD externo — e botões que ficam de fácil acesso no topo da máquina.

Passamos algumas semanas brincando com o gabinete da PCYES! e agora trazemos um veredito sobre todos os aspectos que nos impressionaram — e outros que não surpreenderam tanto — para você conhecer mais um excelente produto brasileiro.

Especificações

Design de primeira

Primeiramente, é importante comentarmos sobre o capricho da PCYES! na concepção do produto. Apostando em retas bem definidas e leves curvas em alguns detalhes, o Pegasus Gamer tem um visual invocado. O gabinete tem sua carcaça na cor preta, sendo que apenas algumas linhas e itens são marcados pela cor vermelha.

As grades na parte frontal, superior e nas baias vêm a calhar tanto para a questão estética quanto para fins de funcionamento do hardware — já que elas propiciam a circulação do ar e melhor refrigeração dos componentes. Ah, claro, a imagem do pegasus na frente também fica muito legal.

Interessante perceber que essas grades não apenas colaboram com o visual externo, mas também possibilitam a passagemde luz das ventoinhas (duas frontais e uma traseira) com LEDs que ficam no interior do gabinete.

A janela de acrílico talvez seja um ponto que poderia ser melhorado. Ela tem um bom espaço para visualização dos componentes internos, mas o formato quadrado com bordas arredondadas não combina com o restante do conjunto. Quem sabe, algumas linhas adicionais e detalhes em vermelho seriam mais convenientes.

Quanto a tampa que dá acesso a parte traseira da placa-mãe, acreditamos que o design também poderia ser retrabalhado, causando uma melhora impressão. É claro que ela fica escondida e não afeta em nada no desempenho, mas, falando em estética, é um ponto que vemos como passível de melhoria.

Instalação descomplicada

Pensando no consumidor que gosta de brincar com a montagem do computador, mas que não necessariamente quer perder muito tempo parafusando cada componente, a PCYES! projetou o Pegasus Gamer com travas do tipo Tool-Free (Livre de Ferramentas) para a instalação de drives.

Alguns modelos concorrentes trazem soluções similares no interior do gabinete, mas são poucos que trazem ideias inteligentes para a instalação de unidades ópticas. Pois é, basta pressionar as travinhas na frente do gabinete para remover a tampa e instalar rapidamente o drive de DVD.

Apesar de acertar nesse ponto, a fabricante acabou se esquecendo de colocar um esquema similar na instalação de placas adicionais. É compreensível a decisão, ainda mais com placas de vídeo cada vez mais pesadas, mas uma adaptação nos modelos de travas já existentes deve funcionar e facilitaria a vida de quem costuma testar muitos componentes.

Falando em parafusos, julgamos que seja válido ressaltar que faltou algum capricho nos parafusos que fecham a tampa do gabinete. Um deles é encaixado com facilidade, mas o outro só entra com um pouco de força, mas pode ser que seja um problema desta unidade que testamos.

Gostamos de ver que a PCYES! pensou também na questão da organização. De acordo com a fabricante, há cerca de 35 mm entre o suporte da placa-mãe e a parte traseira, o que dá espaço para passar os cabos para trás e evitar a bagunça. Com furos especiais que possibilitam o manuseio dos cabos, você pode gerenciar tudo com facilidade.

Ventilação inteligente

Conforme comentamos, o Pegasus Gamer vem com ventoinhas já instaladas de fábrica. Os componentes de refrigeração são muito silenciosos e trazem LEDs para dar aquela incrementada no visual do gabinete.

São duas fans na frente e uma na parte traseira, o que garante o fluxo de ar e impede que os dispositivos internos trabalhem em altas temperaturas. A redução de ruídos não significa necessariamente que as ventoinhas giram em velocidade reduzida ou que são ineficientes. Muito pelo contrário, elas geram um fluxo considerável de ar e ajudam muito na refrigeração.

Graças às grades espalhadas em várias partes do gabinete, o ar também pode circular por outras regiões. Abaixo da grade superior, por exemplo, há um filtro anti-poeira que impede a entrada excessiva de sujeira no interior do produto. É importante, contudo, ficar atento e retirar o filtro de tempos em tempos para efetuar uma limpeza, já que o acúmulo da poeira pode impedir a entrada e saída do ar.

Vale comentar que durante a primeira instalação do produto, tivemos algumas dificuldades no funcionamento da ventoinha traseira (que chegou a dar curto e desativar o sistema da fonte), porém ao contatar a fabricante fomos informados que havia um procedimento diferente para ligá-la. Erro nosso, mas que pode ser cometido por outros consumidores, então vale ficar ligado.

Aos usuários mais avançados que pretendem instalar um sistema de water cooler, vale notar que a PCYES! já deixou espaços prontos para adicionar as mangueiras e o radiador.

Prático e moderno

Ficamos contentes ao perceber que a fabricante brasileira deu atenção aos mínimos detalhes. É o caso dos botões, reguladores, portas USB e até do dock para HD externo posicionado na parte de cima do gabinete.

Quer desligar uma ventoinha? Reduzir a velocidade de outra? Usar um pendrive? Tudo está aqui no topo do gabinete. A instalação de HDs e SSDs fica ainda mais prático para quem costuma trabalhar com dispositivos externos e não quer perder tempo abrindo o gabinete, já que as conexões aqui são idênticas as que vemos no interior do produto.

Além disso, a PCYES! colocou os botões de Power e Reset em posições práticas. No topo do gabinete, você ainda pode conectar os fones de ouvido e o microfone. Não faltou absolutamente nada no quesito praticidade.

Vale a pena?

O PCYES! Pegasus Gamer está disponível na loja MegaMamute por cerca de 597 reais em três cores diferentes (com mudanças nas linhas externas e cores dos LEDs). É muito difícil encontrar um gabinete com tantos recursos por um preço semelhante. Design, facilidade de instalação, ventilação, botões de fácil acesso, enfim, tudo foi pensando neste produto.

Não se trata de um case perfeito para todos os gamers, mas é um modelo que apresenta boa relação custo-benefício. Apesar de faltar atenção em alguns detalhes, como um sistema tool-free para instalação de placas e alguns ajustes nos parafusos, acreditamos que a PCYES! tem em seu portfólio um produto de qualidade em vários sentidos.

Com espaço de sobra, sistema tool-free, ventilação na medida e visual arrojado, o Pegasus Gamer é um modelo muito bacana para ficar de olho nos componentes internos e ainda para facilitar o uso de dispositivos externos no dia a dia. Uma ótima pedida para jogadores que buscam um produto com preço acessível e cheio de recursos!

O gabinete PCYES Pegasus Gamer pode ser adquirido na loja MegaMamute.

Cupons de desconto TecMundo: