Os processadores AMD Ryzen chegaram com grandes promessas para o consumidor, porém, como toda nova plataforma, a arquitetura Zen ainda está em fase inicial de testes. Na prática, isso significa que o sistema operacional e os softwares ainda não conseguem aproveitar todo o potencial dos novos chips.

Conforme a própria AMD relatou, algumas táticas simples podem fazer diferença no uso dos chips no dia a dia. Até mesmo o plano de energia do Windows e os clocks de memória podem, em teoria, apresentar alguma mudança na performance. Nós já havíamos comprovado um pouco disso em nosso review do AMD Ryzen 7 1800X, mas ainda há um mundo de possibilidades para análises.

Assim, o PC Facts resolveu colocar a mão na massa e fazer testes avançados para conferir como os processadores Ryzen se comportam em diferentes cenários. Nos mais recentes vídeos, o canal especialista analisa a CPU em operações com módulos de memória RAM configurados com frequências distintas e com perfis de energia variados.

Além disso, seguindo a tradição de transmitir informações sobre as tecnologias com riqueza de detalhes, o conteúdo mais recente revela como a arquitetura dos processadores Ryzen pode se beneficiar com essas pequenas mudanças.

Será que há vantagens significativas? Confira os vídeos e deixe sua opinião em nosso espaço para comentários. Acompanhe o PC Facts no YouTube para mais detalhes do mundo do hardware.

Cupons de desconto TecMundo: