A Microsoft registrou recentemente uma patente que visa aumentar a segurança do processo de desbloquear smartphones e outros dispositivos. No documento, a companhia descreve um método que utiliza uma série de técnicas para assegurar que é você mesmo quem está fazendo os gestos ou inserindo a senha necessária para garantir acesso a um dispositivo.

“Tal técnica deve ser fácil de fazer, mas difícil para outras pessoas replicarem mesmo que elas vejam o usuário fazendo isso. Outros dispositivos empregam um leitor de impressões dedicado para autenticação, mas eles podem adicionar um custo adicional considerável e requerem um investimento dedicado ao dispositivo”, afirma a patente.

O registro descreve o uso de técnicas que levam em consideração quesitos como a geometria, o tamanho e a flexibilidade da mão de uma pessoa para assegurar uma maior segurança. “Essas diferenças sutis podem ser registradas pelos sensores embutidos do dispositivo, permitindo a autenticação a partir de impressões digitais. Diversos exemplos de gestos de autenticação são discutidos e oferecem uma grande quantidade de informações do usuário que podem ser extraídas”.

O aspecto mais interessante do documento é o fato de a tecnologia não parecer se limitar somente a dispositivos portáteis ou que se baseiam em telas de toque. Prova disso é o fato de até mesmo o Kinect desenvolvido para o Xbox One estar incluso entre os eletrônicos que teoricamente seriam compatíveis com a tecnologia. 

Cupons de desconto TecMundo: