(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

A Comissão Internacional do Comércio (ITC) determinou que a Microsoft não violou qualquer patente da Motorola Mobility durante o desenvolvimento do Xbox 360. Com isso, chega ao fim uma disputa iniciada em 2010, ano em que a briga entre as duas empresas começou — anteriormente, a ITC havia dado à Motorola a vitória do caso.

Durante a batalha legal, várias das patentes supostamente violadas se mostraram inválidas, enquanto outras foram retiradas do caso pela própria Motorola. Em março deste ano, a administração da comissão julgou que o console não violava qualquer propriedade intelectual protegida — algo que a decisão da última quinta-feira (23) somente confirmou.

A vitória da Microsoft significa um golpe duro para a Google, que ao comprar a Motorola também tinha o objetivo de se aproveitar do poder de suas patentes. No mês passado, um juiz de um caso não relacionado determinou que os registros da companhia não valiam nem perto do que a gigante das buscas esperava.

Cupons de desconto TecMundo: