(Fonte da imagem: NordicHardware)

O processador Core i7 3770K com a arquitetura Ivy Bridge tem tudo para se tornar o novo queridinho de quem é adepto do overclock. Usando um sistema de refrigeração especial, que incluiu nitrogênio líquido e hélio, foi possível elevar o clock da nova CPU a quase 7 GHz.

Imagens divulgadas pelo site NordicHardware mostram que, nos testes do software Super Pi, o dispositivo atingiu uma frequência de 6961,6 MHz, enquanto no PiFast o número registrado foi de 6805,1 MHz. Se o desempenho do hardware já é impressionante sem qualquer modificação, ficamos imaginando qual o tipo de tarefa que sua versão modificada não conseguiria realizar.

Os testes de desempenho foram realizados em uma máquina equipada com a placa-mãe ROG Maxiums V Gene Z77 da ASUS e 4 GB de memória RAM — tendo clock de 2.652 MHz com a seguinte latência: 7-11-7-28-1T. Embora os responsáveis pelo projeto tenham informado as ferramentas de refrigeração utilizadas, a maneira como elas foram utilizadas não foi explicada.

Quem parece não ter gostado muito da história foi a Intel. Embora a empresa não tenha feito qualquer espécie de declaração oficial sobre o assunto, uma mensagem no endereço que divulgou as imagens mostra que a matéria relacionada ao overclock foi retirada do ar “a pedidos”.

Cupons de desconto TecMundo: