Em um novo exemplo de que as companhias de tecnologia estão se adaptando aos tempos atuais, a Microsoft aproveitou a nova propaganda do Outlook.com para mostrar seu apoio à união entre pessoas do mesmo sexo. Durante o comercial, é exibido um momento em que os convidados de um casamento entre duas mulheres usam o serviço para felicitá-las.

O que chama atenção é a maneira natural como a companhia mostra a situação, evitando cair em estereótipos normalmente ligados aos homossexuais. A propaganda segue a mesma tendência estabelecida por companhias como a Amazon, que em fevereiro deste ano lançou uma campanha estrelada por um casal formado por dois homens.

Mudança de mentalidade

Segundo Hayes Roth, responsável pelo departamento de marketing da Landor Associates, iniciativas do tipo podem ser comparadas aos anúncios estrelados por afrodescendentes que começaram a surgir nos Estados Unidos durante as décadas de 1950 e 1960. “Está se tornando parte do mainstream”, afirma ele.

Os anúncios também representam uma mudança na mentalidade seguida pelas agências de publicidade, que até alguns anos atrás evitavam lidar com assuntos considerados polêmicos. “Não dá mais para evitar o tópico, então é melhor você assumir logo um posicionamento”, afirma Roth.

A Microsoft e a Amazon estão entre as empresas que mais manifestaram seu apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Enquanto Jeff Bezos em 2012 apoiou abertamente uma lei do estado de Washigton que permitia o casamento entre homossexuais, Bill Gates declarou recentemente  que repudia a decisão da administração dos escoteiros dos Estados Unidos de banir todos os membros gays da organização.

Cupons de desconto TecMundo: