A Opera Software anunciou nesta semana que deixará de utilizar a engine de renderização Presto, propriedade da empresa, em prol do Webkit, utilizado pelos navegadores Google Chrome e Safari. A transição será gradual e deverá contemplar tanto a versão para desktop quanto a mobile.

“Faz mais sentido para nós colocar nossos especialistas para trabalhar com as comunidades open source e ajudar no desenvolvimento do Webkit e do Chromium do que investir em nossa própria engine de renderização neste momento”, explica Hakon Wium Lie, CTO (Chief Technology Officer) da empresa.

A plataforma Presto foi introduzida há cerca de 10 anos, no Opera 7. Além da confirmação da mudança para o Webkit, a companhia comemorou ainda o fato de ter alcançado a marca de 300 milhões de usuários por mês, incluindo todas as plataformas para as quais trabalha.

Cupons de desconto TecMundo: