A norte-americana BYD Motos apresentou em uma feira de transporte público na última semana o maior veículo elétrico do mundo. Trata-se do “The Lancaster”, um ônibus articulado que funciona a partir de uma bateria, sendo também o pioneiro da categoria.

O "The Lancaster" tem 18,2 metros de comprimento, suporta até 120 passageiros e, lotado, roda por até 273 km com uma única fonte de energia. Em cidades pequenas, ele pode ficar até 24 horas rodando sem precisar "reabastecer" — e, como a recarga aconteceria durante a madrugada, quando há menor uso de energia elétrica nas cidades, não haveria pico de consumo em um único local.

O carreamento da bateria elétrica dura de duas a quatro horas, segundo a fabricante. A tecnologia escolhida, aliás preza por economia e sustentabilidade: as baterias de fosfato de ferro não pegam fogo facilmente e são recicláveis. O nome do veículo, que ficou mais de dois anos em desenvolvimento, veio da cidade californiana onde fica a fábrica da BYD Motors.