O OnePlus 3T é um smartphone sólido e cheio de qualidades. Tem um hardware bastante parrudo e um desempenho exemplar. Mas como nada é perfeito, a gente resolveu fazer essa lista com os cinco principais pontos positivos e também os cinco mais negativos desse celular.

Note que, em celulares tão sólidos como este, alguns pontos negativos ou positivos que selecionamos podem ser menos importantes ou até mesmo triviais. Ainda assim, quem compra um dispositivo como esse precisa saber de todos os pormenores e colocar na balança. Por isso, a gente se esforça sim para achar defeito e também para encontrar qualidades. Agora, confira a nossa lista.

Pró 1: OxygenOS

O sistema operacional do OnePlus 3T, que é baseado no Android Nougat, tem uma interface muito interessante e simples de usar. Ela não é muito diferente do que a Google concebeu para o Robô, mas traz um monte de personalizações úteis que podem tornar o uso do smartphone muito mais agradável..

É possível baixar a área de notificações com um gesto

É possível baixar a área de notificações com um gesto, por exemplo, ativar a tela com um toque simples sem tocar em botões, além de muitas outras possibilidades. Em suma, vale a pena vasculhar todas as configurações desse sistema.

Fora isso, a fabricante costuma entregar atualizações para seus aparelhos bem rápido. Com isso, o usuário tem sempre à disposição os recursos mais interessantes que a Google cria para o Android. A Samsung, em comparação, demora praticamente um ano para atualizar seus dispositivos para uma nova versão do sistema, isso quando simplesmente não o faz.

Pró 2: 6 GB de RAM

Pode parecer um exagero, e realmente é um exagero, mas esses 6GB de RAM no OnePlus de fato garantem a ele um desempenho exemplar, não importa o que aconteça. Esse é aquele tipo de smartphone que consegue lidar com vários games pesados na memória sem ter que recarregar na hora de alternar entre um e outro seguidamente. O desempenho também é fruto do processador Snapdragon 821 e do sistema de armazenamento UFS 2.0, que é bem mais rápido que o comum.

Pró 3: Bateria para durar

A autonomia de bateria do OnePlus 3T é fora de série para um smartphone que não tem tanta capacidade de carga assim. Dá para ficar um dia e meio tranquilo sem plugar na tomada, o que não é verdade na maioria dos top de linha atuais. Para completar, ele tem um sistema de carregamento proprietário da OnePlus, o Dash Charge, que consegue encher a bateria em apenas uma hora. Com isso, o pacote aqui é completo: demora precisar colocar na tomada, mas quando precisa, ele pode ser desplugado pouco tempo depois.

Pró 4: Deslizador de alertas

“Deslizador de alertas” é o nome dessa chavinha na lateral do 3T. Ela tem três posições diferentes, e cada uma ajusta um perfil de som no celular. Quando você precisa colocá-lo no silencioso, não é necessário mexer na interface, nem mesmo tirar o smartphone do bolso. O mais legal é que é possível personalizar bastante a funcionalidade de cada um dos perfis. Em essência, essa chave é mais uma conveniência que pode deixar o usuário com saudades no dia que ele trocar de aparelho.

Pró 5: construção de qualidade

A carcaça de metal do OnePlus 3T parece muito resistente quando você o pega nas mãos. O celular é bem sólido e passa uma boa sensação de segurança. A gente não jogou o dispositivo no chão, mas achamos que ele não quebraria muito fácil depois de um encontrão com o piso. Outros smartphones dessa categoria, como o Galaxy S7 e o Moto Z, são consideravelmente mais delicados.

Contra 1: Design muito comum

Ao mesmo tempo que o 3T parece resistente, também não tem um design muito chamativo

Ao mesmo tempo que o 3T parece resistente, também não tem um design muito chamativo. Se formos colocá-lo frente a frente com os tops de linha da Motorola, da Samsung ou da Apple, esse celular não se destaca muito. Ele não é feio, muito longe disso, mas também não tem nenhum detalhe de design que faça alguém dar aquela olhadinha.

Isso quer dizer que a OnePlus seguiu muito bem o padrão da indústria e decidiu não exagerar em nada a fim de agradar a todos. Isso, entretanto, pode ser considerada uma oportunidade perdida para inovação em design.

Contra 2: Não tem fone de ouvido

Por mais que isso seja uma reclamação meio mundana, ela é válida porque praticamente todos os concorrentes desse celular contam com fones de ouvido nas suas caixas, menos o OnePlus 3T. Ele só vem com cabo e carregador. Não é lá um grande problema, mas vale a pena ser mencionado.

Contra 3: WiFi problemático

O WiFi do OnePlus 3T vem configurado de fábrica com o padrão de IPv6, e não IPv4, que é o mais comum. Isso gera uma quantidade absurda de problemas com uma série de unidades do smartphone, mas não todas. Mas quando ocorre, a conexão fica caindo o tempo todo, e você não entende o porquê.

Com uma rápida pesquisa nos fóruns da OnePlus, é possível descobrir que só é necessário mudar para o IPv4 para acabar com todas as dificuldades. Mas isso é um problema porque quase tudo nesses fóruns está em inglês. Se você não entende a língua, fica difícil descobrir esses macetes.

Caso você tenha encontrado essa dificuldade no seu smartphone, acesse as configurações do aparelho e, na seção “WiFi”, procure “Configurar WiFi”. Se a chavinha do IPv6 estiver ligada, desligue-a e reinicie o dispositivo.

Contra 4: não é à prova d’água

Esse smartphone aqui não é à prova d’água, mas os principais concorrentes são. Os iPhones 7 são, todos os top da Sony e da Samsung também. A gente entende que o OnePlus 3T é mais barato no exterior que esses adversários, mas se a Samsung conseguiu colocar essa proteção até nos novos Galaxy A5/A7 (2017), é necessário considerar que talvez o OnePlus também pudesse fazer isso.

Contra 5: não vende no Brasil

Infelizmente, o OnePlus 3T não é vendido oficialmente no Brasil. Por isso, você tem que dar um jeito de importar o dispositivo do exterior. Se você for buscar nos EUA ou em outro país, o preço vai ser bem em conta.

Lá fora, ele custa algo em torno de US$ 430, e você vai acabar pagando algo perto de R$ 1.400. Mas se você resolver importar por alguma loja online, como a GearBest, o gasto total pula para algo entre R$ 2 mil e R$ 2.500 por causa do imposto brasileiro.

Se você se interessou pelo aparelho, confira as opções de compra a seguir:

Cupons de desconto TecMundo: