Telas OLED podem ser muito melhores em breve

Fonte da imagem: Wikimedia Commons/M0ldar

Para acabar com problemas de deterioração da cor azul em telas OLED, vários grupos de pesquisa procuram formas de melhorar os componentes. Na Universidade de Michigan, as pesquisas já mostram alguns resultados, graças à união entre o professor John Kieffer e o recém-graduado Changgua Zhen.

Os dois se aliaram a uma equipe de Cingapura para rearranjar os componentes OLED e utilizá-los em computadores, de modo a testar a eficiência do projeto. Segundo os relatórios apresentados pela equipe, a melhoria obtida pode chegar a 100%, mas espera-se que comercialmente isso seja reduzido a 10%.

Esses aparelhos OLED prometem uma série de revoluções no mercado tecnológico, mas ainda sofrem com alguns obstáculos. Um dos principais é o fato de a cor azul ser muito mais deteriorada do que as outras, o que torna as imagens pouco saturadas com o passar do tempo.

Cupons de desconto TecMundo: