A Oi já anunciou que a sua fusão com a Portugal Telecom é irreversível, e isso porque o processo jurídico havia sido encerrado. Contudo, de acordo com informações da Reuters, os acionistas da PT SGPS estão receosos do que pode sair dessa junção. Os relatos ainda indicam que, mesmo a Oi tendo confirmado que não há volta, o grupo português ainda pode reverter este quadro.

Por causa desta incerteza dos acionistas, as ações da Portugal Telecom caíram 10%, sendo o valor mais baixo dos últimos anos. Além disso, a Oi revelou que a dívida de 400 milhões de euros (mais de 1 bilhão de reais) da PT Portugal vai cair nas suas próprias mãos.

A PT SGPS ainda disse que o processo de substituição está em fase de análise financeira e legal — e que ele também se encontra sob a aprovação do contrato celebrado com a Altice, empresa francesa que ofereceu 7,4 bilhões de euros pelos ativos portugueses da Oi.

Em comunicado, a Oi disse que "esta operação implicará a substituição da atual sociedade emitente, PT Portugal, pela Portugal Telecom International Finance, B.V., sociedade que será integralmente detida pela Oi".

Cupons de desconto TecMundo: