A operadora Oi será obrigada a pagar a indenização de R$ 5 mil a um funcionário por causa de uma brincadeira de gosto duvidoso. Um email impresso era fixado frequentemente no mural de funcionários com “os 10 mandamentos da telefonia”.

O instalador terceirizado, que prestava serviços a Brasil Telecom (atual Oi), disse que frequentemente o email era sempre colocado no mural ao longo dos dois anos que ele trabalhou lá. Vários empregados se sentiam ofendidos e retiravam a folha de lá.  Confira a lista de “instruções divinas” contidas no texto:

"1º Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental.
2º Não verás seu filho crescer.
3º Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga.
4º Terás gastrite, se tiveres sorte. Se for como os demais, terás úlcera.
5º A pressa será teu único amigo e as suas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o china in box.
6º Teus cabelos ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos.
7º Tua sanidade mental será posta em cheque antes que completes 5 anos de trabalho.
8º Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás.
9º Trabalho será teu assunto preferido, talvez o único.
10º Quando de folga no domingo, sairás à rua olhando os postes e as redes, como se fosse um lazer."

 Posição da justiça

O funcionário que moveu a ação disse que se sentiu moralmente assediado. Segundo ele, a companhia “insistia em manter o email ao alcance dos olhos dos empregados. O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná reprovou a brincadeira, declarando que ela induzia os empregados “a sensação de que o conteúdo da mensagem era o correto e o esperado”.

Quando o caso chegou no Tribunal superior do Trabalho, o órgão determinou que a prática da Oi configurava uma “evidente afronta à imagem e à dignidade da pessoa humana”. A Oi nega que tenha feito isso, mas há outras testemunhas que comprovaram o evento.

Cupons de desconto TecMundo: