A Microsoft se envolveu recentemente em uma polêmica sobre o uso das licenças do Office 2013. A companhia divulgou informações na qual esclarecia a dúvida dos usuários e afirmava que alguns pacotes do novo Office não poderiam ser reinstalados em outras máquinas (caso você formatasse o PC ou adquirisse um novo, por exemplo), salvo se o produto estivesse no período de garantia.

Entretanto, após a reação negativa de boa parte dos consumidores, a Microsoft recuou e afirmou hoje que as licenças podem ser transferidas para outras máquinas sem problemas.

“Baseado na resposta do consumidor, nós mudamos o acordo de licença do Office 2013 para permitir aos consumidores a transferência do software de um computador para outro”, afirma Jevon Fark, da equipe do Office, no blog oficial da suíte de aplicativos.

“Isso significa que os consumidores podem transferir o Office 2013 para um computador diferente se o seu dispositivo quebrar ou se adquirir um novo. Anteriormente, consumidores poderiam apenas transferir seu pacote do Office 2013 para um novo dispositivo se a falha do PC ocorresse sobre o período de garantia [do Office]”, prossegue Fark na postagem.

Apesar da licença oficial ainda não ter sido atualizada, o que deve acontecer em breve de acordo com o texto do blog, a medida já está em vigor desde hoje para os pacotes Office Home e Student 2013, Office Home e Business 2013, Office Professional 2013 e aplicações da suíte vendidas individualmente.

Cupons de desconto TecMundo: