Nós já testamos alguns produtos da OEX e gostamos das propostas da marca brasileira. Com o intuito de levar produtos com preços acessíveis ao consumidor, a fabricante tem parceria com as principais lojas online do país.

Desta vez, a marca apresenta um headset para gamers que buscam som de alta definição e conforto para jogar por muitas horas seguidas.

O modelo Target HS203 é de tamanho médio, apresenta revestimento acolchoado dos fones, utiliza conexão USB, vem com microfone embutido, controle de volume no cabo e ajustes no arco para adaptar o produto conforme suas necessidades. Será que o desempenho do produto é ideal para jogadores? Vamos conferir!

Especificações

  • Tipo de conexão: USB
  • Alto-falantes: 40 mm
  • Sensibilidade: 102 dB
  • Impedância: 32 ohms
  • Frequência de resposta: 20 Hz ~ 20.000 Hz
  • Potência nominal: 15 mW
  • Capacidade: 150 mW
  • Comprimento do cabo: aproximadamente 2 m
  • Sensibilidade do microfone: -58 dB
  • Frequência de respota do microfone: 30 Hz ~ 16.000 Hz
  • Tensão: 3V

Design compatível com a marca

A OEX já nos surpreendeu anteriormente com o design do headset Extremor HS-400, o qual apresentava boa qualidade de construção e visual chamativo. Agora, com a chegada do Target HS203, a companhia visa mostrar uma combinação diferente de cores, mas com uma abordagem muito similar na questão de projeto.

Conforme o próprio nome da fabricante sugere, a cor laranja é uma marca registrada em seus produtos, então nada mais óbvio do que a combinação das cores preta e laranja neste fone. O visual não surpreende, já que se apresenta de forma similar a outros dispositivos que testamos, mas o design é bastante atraente.

A aposta da fabricante em conchas retangulares com bordas que apresentam leve curvatura acaba sendo um diferencial de outras marcas que usam conchas elípticas. O microfone fica numa haste móvel ao lado do alto-falante, de modo que o jogador pode escondê-lo quando não vai se comunicar nas partidas.

Os materiais acolchoados nas conchas são bastante interessantes, já que entregam conforto para longos períodos de utilização. A inclusão de espumas no arco, que fica acima da cabeça, também vem a calhar, já que evita dores. No geral, contudo, a flexibilidade do arco não é extraordinária.

O ícone gráfico ao lado das conchas não apresenta grande qualidade de impressão, de modo que demonstra um descuido na fabricação. Alguns detalhes nas laterais, como os frisos nas conchas se mostram desnecessários, uma vez que não agregam muito à estética, tampouco contribuem para a qualidade sonora.

A qualidade de construção do OEX Target HS203 é razoável, sendo que os elementos em plástico contribuem para dar leveza ao produto. Todavia, algumas peças se mostra frágeis e não entregam primor no acabamento. Ficamos preocupados com a falta de atenção aos detalhes, como as bordas de algumas partes que não foram devidamente polidas.

Os materiais acolchoados nas conchas são bastante interessantes, já que entregam conforto para longos períodos de utilização

O componente que dá acesso aos principais controles se mostra muito útil, uma vez que o jogador pode efetuar as regulagens sem ter de usar atalhos doo teclado ou minimizar o jogo, ainda mais porque o posicionamento é bem conveniente.

No entanto, os botões de função não apresentam qualidade de primeira, assim como os LEDs se mostram bastante simples. Certamente, a inclusão de um regulador analógico poderia vir a calhar, já que o jogador tem como ter noção do volume sem ter que fazer testes sonoros.

Qualidade sonora mediana

É claro que nem todo headset gamer é igual, ainda mais porque as fabricantes projetam diferentes modelos para diferentes públicos. O Target HS203 não vem para ser um concorrente de modelos de altíssima qualidade, algo perceptível principalmente pela faixa de preço modesta.

Todavia, a qualidade sonora do Target HS203 é um tanto questionável. A fabricante promete um “som com alta definição”, mas esse não é bem o que percebemos na hora de usar o componente seja para jogos ou para músicas. O som é bastante equilibrado, mas diferente do que a OEX sugere, os graves não são muito potentes.

Conforme nossas verificações, os alto-falantes são configurados para entregar maior potência na faixa dos médios e agudos. Com um reforço nos médios, os graves até parecem acentuados em algumas situações, mas a impressão que fica é que os fones não apresentam qualidades de fábrica para entregar toda a imersão necessária em algumas situações.

Vale notar ainda que não adianta muito configurar o produto com softwares de equalização, pois os graves podem apresentar distorção com facilidade. O aumento do volume também não entrega resultados nesse sentido, ainda que a potência dos alto-falantes seja elevada, tanto que usar no nível máximo pode ser bastante prejudicial à audição.

No geral, fica a impressão de que falta fidelidade sonora para entregar o áudio que o jogador procura em um produto gamer. Sim, conforme já comentamos, este não é um produto top de linha, mas já testamos fones similares (de mesma faixa de preço, como o Philips Gamer SHG7210) com sistemas sonoros bem mais equilibrados e equalizados.

Conforto e isolamento

Bom, design e qualidade sonora são características importantes, mas de nada adianta um headset bonito e com áudio caprichado se o projeto não atender devidamente ao jogador na questão do conforto. Felizmente, nesse ponto, o Target HS203 se mostra bastante apropriado  para longas jogatinas.

Novamente, é preciso ressaltar que este não é um headset da mais alta qualidade, então não espere o melhor sistema de acolchoamento. A OEX investiu em materiais simples, mas que entregam sim o conforto necessário para o uso prolongado. Este modelo é muito leve e o cabo não atrapalha em nada.

O isolamento acústico é uma característica importante para jogadores que buscam mergulhar nos jogos. O Target HS203 não tem nenhum sistema especial para cancelamento de ruídos externos, mas as conchas ao menos evitam que o som produzido pelos alto-falantes “vaze” para fora das almofadas.

Vale a pena?

O headset OEX USB Target HS203 é um modelo bastante simples, que visa conquistar os jogadores que buscam um headset básico para incrementar a jogatina. O design do produto é interessante, ainda que algumas questões de construção e projeto sejam bastante questionáveis.

Quando falamos de qualidade sonora, contudo, este modelo da OEX deixa bastante a desejar, ainda mais considerando que temos headsets como o Philips Gamer SHG7210 disponíveis pelo mesmo valor, que ficam na casa dos R$ 140. Além disso, se você for um jogador realmente exigente, já pode pegar um modelo ainda mais potente, como o Corsair Raptor HS30, que custa apenas 50 reais a mais.

Em questão de conforto, o Target HS203 pode ser uma boa opção, já que conta com revestimento nas conchas e no arco superior para que o jogador possa usar os fones por longos períodos. Novamente, é preciso considerar que temos aqui um produto mediano, então não espere obter o mesmo conforto de modelos concorrentes.

Enfim, o atual valor do OEX Target HS203 joga contra a proposta do produto. Ele chega por um preço salgado, algo que fica bem claro por conta de produtos superiores que custam quase a mesma coisa. Todavia, com uma promoção ou um reajuste neste número, a compra deste dispositivo pode ser levada em conta, ainda mais para jogadores que não são muito exigente.

Cupons de desconto TecMundo: