A Orange Experience já tem algum tempo de experiência no mercado de periféricos gamers, sendo uma marca bastante apreciada pelos consumidores por entregar produtos com recursos requisitados por preços camaradas.

Buscando inovar no segmento, a marca atualiza seu portfólio com certa frequência. Recentemente, por exemplo, a OEX lançou um novo headset para jogos, que chega com uma proposta simples, mas promete entregar boa qualidade de som para quem joga muito.

O OEX Bit HS206 é um headset com conchas de tamanho médio, que vem com microfone e haste ajustável. Esse modelo usa conexão USB, que amplifica o som e permite o controle de volume fácil através do componente de regulagem no cabo. Será que ele tem desempenho excepcional em games? Acompanhe nosso review para conferir todos os detalhes!

Especificações

  • Tipo de conexão: USB
  • Alto-falantes: 40 mm
  • Sensibilidade: 101 dB
  • Impedância: 32 ohms
  • Frequência de resposta: 20 Hz ~ 20.000 Hz
  • Comprimento do cabo: aproximadamente 2 m
  • Controle de volume: sim
  • Revestimento do fone: acolchoado
  • Haste ajustável: sim
  • Sensibilidade do microfone: -58 dB

Design simples

Nós já testamos alguns produtos da OEX e pudemos perceber que a marca tem alguns projetos bem diferentes para o consumidor, mas certamente o Bit HS206 não está nessa lista. Esse modelo se mostra muito básico e não tem grandes diferenciais se comparado com outros concorrentes no mercado.

O projeto do HS206 parece ser baseado no mesmo do Favix B10, componente também à venda no Brasil. Não testamos esse item similar, mas, em questão de aparência, é inegável que eles são bem parecidos, o que nos leva a questionar quais são as inovações da OEX para esse dispositivo.

Uma coisa que causa um estranhamento nesse headset é a mudança da cor padrão laranja para a azul. A composição de preto, azul e branco cria um visual diferenciado, mas não espere nada de extraordinário na questão da construção do produto.

As conchas são quase elípticas e as curvas mais ousadas criam uma distinção em relação ao modelo HS203. Felizmente, a marca apostou em um revestimento acolchoado nesses itens, o que permite conforto para longos períodos de utilização. Todavia, é preciso ressaltar que o design pouco adaptável não cria um encaixe tão bom quanto o de outros headsets.

O uso de espumas na haste é de grande utilidade, já que elas entregam mais conforto ao jogador. A flexibilidade do arco é boa e os ajustes são fáceis, ainda que este não seja o headset para todos os jogadores, já que as limitações de altura impedem o encaixe perfeito.

O microfone vem instalado em um componente móvel ao lado esquerdo, sendo que o jogador pode escondê-lo quando não vai usar o chat de voz nos jogos. É possível ajustar a posição do microfone em diferentes níveis, o que evita movimentações acidentais.

Diferente do que vimos no HS203, o ícone gráfico ao lado das conchas apresenta qualidade razoável de impressão. A qualidade de construção do OEX Bit HS206 é definida pelos elementos plásticos, que garantem leveza, mas também deixam o produto mais frágil.

A peça para controle de volume e microfone fica instalada no cabo do headset. O visual desse item é compatível com o headset, então o conjunto é coerente, contudo é preciso ressaltar que a qualidade dos botões não é das melhores.

Qualidade sonora abaixo da média

A OEX tem produtos de alta qualidade em seu portfólio, mas o Bit HS206 não integra essa linha de modelos mais robustos. Mesmo sabendo que ele não é um dispositivo para gamers mais exigentes, precisamos ressaltar que ele não atende a promessa de “som com alta definição” da fabricante.

Nossa experiência com o OEX HS206 não foi das melhores, pelo simples fato de que ele não entrega boa equalização. Trata-se de um componente com limitações nos graves e reforço excessivo nos médios. O resultado é um som fraco e pouco expressivo.

Pensando no público gamer, que busca sentir o impacto em jogos de tiro ou mergulhar em um game de corrida, certamente esse aparelho fica devendo. É importante constatar que nem mesmo softwares ou ajustes no driver da placa de som conseguem corrigir os problemas, pois os alto-falantes não respondem bem com outras equalizações.

Além desses inconvenientes, percebemos descuidos na questão do volume. O componente é ajustado para entregar um nível de volume muito acima da capacidade de audição humana. Mesmo no nível mais baixo, o som já fica alto, sendo impossível (do ponto de vista saudável) configurar o volume em 50% ou acima disso.

Assim como já percebemos no HS203, novamente temos a impressão de que falta fidelidade sonora para entregar o áudio que o jogador procura em um produto gamer. Infelizmente, o OEX Bit HS206 não é um grande headset gamer em questão de qualidade sonora.

Isolamento e microfone

Quem joga muito sabe que não tem nada mais chato do que sofrer interferências do mundo externo durante as partidas. É por isso que o isolamento acústico é uma característica tão importante em headsets, já que não é uma boa ideia "criar um isolamento" com o aumento de volume.

O OEX Bit HS206 não conta com nenhum sistema especial para cancelamento de ruídos externos ou mesmo para isolamento. As conchas são pequenas e o acolchoamento não ajuda tanto nesse ponto.

Sobre o microfone, temos aqui um componente de baixa qualidade. Sim, ele serve para se comunicar, mas não espere uma performance excelente. O componente capta muitos ruídos, então outros jogadores podem reclamar do seu microfone constantemente.

Vale a pena?

No fim das contas, o headset OEX Bit HS206 é um modelo bem simples, que pretende ser uma opção para jogadores que buscam um componente básico para a jogatina. O design do produto é questionável, ainda mais pela similaridade com concorrentes e a falta de inovação.

Na parte de qualidade sonora, o OEX HS206 também não impressiona muito, com uma equalização bem fraca. Além disso, o microfone deixa a desejar, já que não consegue isolar somente a voz do jogador e capta muitos sons do ambiente.

Bom, é claro que sempre é preciso ponderar todas essas questões junto ao preço do componente. Em nossas pesquisas, encontramos esse modelo por valores que variam de 78 a 90 reais. Considerando isso, certamente não temos como recomendar o produto.

Se você é um jogador exigente que quer adquirir um headset nessa faixa de preço, nossa recomendação é optar por modelos como o Edifier K550, o Zalman ZM-HPS200 ou o Philips SHM3550, que são até mais acessíveis e entregam melhor qualidade.

Talvez, com uma boa promoção, o OEX Bit HS206 possa servir como um modelo de entrada, mas já avisamos de antemão que esse não é um grande headset para jogos.

Cupons de desconto TecMundo: