Durante a Code Conference, evento realizado pelo site Re/code, Brendan Iribe, executivo-chefe da Oculus VR, deu pistas do preço do visor Rift. Segundo ele, se o acessório for comprado junto com um computador com especificações compatíveis com ele, o valor ficaria, no máximo, em US$ 1,5 mil.

Levando em conta que uma máquina com características recomendadas para usar o Rift – com CPU Intel Core i5-4590, placas NVIDIA GeForce GTX 970 ou AMD Radeon 290X e 8 GB de memória RAM – custa, nos Estados Unidos, entre US$ 1.000 e US$ 1,2 mil, o preço do gadget pode ficar entre US$ 300 e US$ 500.

É um valor compatível com o da versão Development Kit 2, que sai por US$ 350. Só que, de lá para cá, o aparelho incluiu um rastreador de movimento e fones de ouvido, o que pode aumentar o preço do Oculus Rift quando sair em sua versão para o consumidor, previsto para acontecer no primeiro trimestre de 2016.

Iribe afirma que, com o tempo, deseja que o valor mencionado anteriormente caia para menos de US$ 1.000. Pelo jeito, entrar no terreno da realidade virtual será caro num primeiro momento, já que também é previsto um valor alto para o HTC Vive. Mais novidades do Rift devem surgir em 11 de junho, quando a Oculus VR fará um evento para a imprensa.

Via BaixakiJogos.

Cupons de desconto TecMundo: