Sempre que entramos em um avião, é a mesma ladainha: um vídeo mostrando medidas de segurança e como agir nas mais diversas situações é exibido, e, apesar de importante, poucas pessoas prestam a devida atenção. Visando mudar esse cenário, um grupo de pesquisadores italianos criou uma forma de deixar isso um pouco mais atrativo. 

Utilizando o Oculus Rift, um grupo participou de um experimento que consistia em cumprir alguns objetivos para escapar com vida de um pouso forçado no mar em uma demonstração (que você confere no vídeo acima), enquanto outro obteve as mesmas informações em materiais de uma companhia aérea. 

Para testar a capacidade de memória dos participantes, eles foram convidados a testar tais conhecimentos em três momentos distintos: antes de entrar em contato com o material, imediatamente após coletar as informações e uma semana depois. No segundo caso, praticamente não houve diferença nos procedimentos tomados por cada um, mas no terceiro a coisa mudou de figura, pois os que leram haviam esquecido parte dos métodos, enquanto os que testaram a demonstração conseguiram realizar todos os procedimentos corretamente. 

“Lembrar os procedimentos de emergência ilustrados em um informativo é mais difícil do que em uma experiência virtual em primeira pessoa. O game de realidade virtual cumpriu seu papel de fazer os usuários se sentirem como se realmente estivessem em um avião durante uma situação de emergência”, explicou Luca Chitaro, diretor do laboratório de interação entre pessoas e computadores da Universidade de Udine.

Cupons de desconto TecMundo: