A Oculus VR, que desenvolveu o projeto de realidade virtual Oculus Rift e começou como uma humilde startup, anunciou duas aquisições de companhias menores, além de uma contratação de peso para a equipe. Elas ajudarão a empresa em áreas como pesquisa, desenvolvimento e engenharia de produtos.

A primeira compra é da Nimble VR, uma empresa fundada em 2012 que desenvolve tecnologias que permitem a captura do movimento das mãos e a transposição delas para o ambiente virtual.

Um bom exemplo que explica o que isso significa está no vídeo do topo desta notícia: você pode ver as suas próprias mãos pelo óculos (modelos digitais, no caso) e usá-las para interagir com o ambiente do jogo ou simulação. A própria Oculus afirmou que isso tem o potencial de "ser parte de uma grande experiência de realidade virtual".

Mais novatos

A segunda aquisição é de outra startup. A 13th Lab faz a reconstrução em tempo real de modelos 3D de objetos que existem de verdade. Isso permitiria que você visitasse pontos turísticos de cidades diversas, por exemplo, sem sair de casa. O clipe abaixo mostra mais ou menos como isso funciona.

Por fim, o professor Chris Bregler agora é o novo diretor do setor de pesquisa em visão da Oculus VR. Ele é um especialista em captura de movimentos e trabalhou em filmes como "Star Trek - Além da Escuridão" e "O Cavaleiro Solitário". É possível que as novas tecnologias e o trabalho do rapaz sejam vistos somente em uma versão futura do Rift.

Cupons de desconto TecMundo: