Quando você acha que o Japão não pode te deixar mais constrangido com suas tecnologias para homens solitários, os nipônicos lançam mais uma nova ideia nesse mercado. Depois de dezenas de jogos de portáteis criados para funcionarem como namoradas virtuais, a moda agora chegou até o Oculus Rift.

Se o aparelho já foi utilizado para proporcionar todo tipo de experiência sensacional, ele agora servirá para te transportar até um encontro com uma pequena garota retirada de um anime. Para completar a experiência, existe um estranho travesseiro na forma das coxas da menina, que você poderá utilizar para simular que está deitado no colo da sua personagem.

Todo o protótipo soa um tanto triste e objetificante: a personagem tem o estereótipo típico perseguido pelos jovens locais, mostrando até mesmo uma personalidade efusiva e irritável que transforma a menina em uma Chun-Li. Não é de duvidar que logo mais veremos mais rapazes solitários decidindo se casar com seus Oculus Rifts, e que a tecnologia de realidade aumentada logo começará a incluir materiais com conotações pornográficas.

Cupons de desconto TecMundo: