Ultimamente, além de inovar trazendo novos serviços online em nuvens — como o Google Wave — a Google está procurando conectar cada uma de suas aplicações de maneira que se relacionem entre si. Foi assim que surgiu o Google Dashboard.

 

O que é o Google Dashboard?

(Acesse o serviço clicando aqui). A nova "ferramenta" funciona como um painel em que é possível visualizar quase todos os dados e serviços da Google que você utiliza, sendo como uma central de informações. Ou seja, você poderá ver em uma página só informações da sua conta, contatos, emails, compromissos e até histórico das buscas.

A intenção é a de que as pessoas possam ver qual exatamente é o rastro que elas deixam ao acessar a internet e fazer buscas dentro dela, enquanto conectados a Google. Assim todos terão controle sobre o que têm, incluindo os dados em um local só.

Visão geral do serviço.

 

Como funciona?

Visando um layout simples, a empresa constituiu a página separando cada um dos serviços. Primeiramente, você pode ver a sua Conta do Google, com informações principais e acesso ao gerenciamento de tudo. Logo após é possível listar todos os seus contatos e dar uma olhada geral em seu GMail, com listas de cada área dele (Caixa de entrada, Todos os emails, Enviados, Rascunhos, Lixeira etc.). Ao lado de cada área aparece a última mensagem salva.

Gmail.

Em Google Agenda você encontra os seus compromissos e agendas mais recentes, com a opção de gerenciá-las. Se você usa também o Google Docs, os seus últimos documentos editados ficam listados como “De minha propriedade”, “Compartilhados comigo”, “Abertos por mim” e “Na lixeira”.

Logo abaixo você também encontra o seu Google Talk, que lista o status atual, as tarefas criadas na “To-Do list” do GMail, o histórico da web, o iGoogle (com temas e gadgets) e o Orkut — que apenas exibe quantos álbuns você tem compartilhados.

 

Visualizando e excluindo históricos

Talvez isso seja surpresa para muitos, mas o Google realmente armazena um histórico de tudo que você busca dentro dele, incluindo: web, imagens e mapas. Os três itens podem ser acessados individualmente ao clicar sobre eles, mas ao abrir a página de históricos, você pode ver mais seções ou todas em conjunto.

Todo o histórico das suas buscas é listado por data e hora. É possível navegar facilmente pelos dias ao clicar em um calendário no canto superior direito da tela. A função é bastante útil, mas também pode ser encarada como falta de privacidade, principalmente por aqueles que estão acostumados a dividir o computador com outra(s) pessoa(s).

Histórico de buscas.

Para excluir elementos, clique em uma opção chamada “Remover itens”. Você pode marcar cada busca para ser excluída ou simplesmente apagar tudo em “Limpar todo o histórico da web”. Ao fazer isso, o armazenamento também é pausado e você não precisa mais se preocupar com isso. Caso queira ativar o recurso de novo, acesse o histórico, clique em “Remover itens ou apagar” e na opção para retomá-lo.

Excluindo histórico.

 

Conclusão

O serviço é útil para quem gosta de encontrar tudo em um lugar só. Além disso, permite que você saiba quais informações suas estão sendo armazenadas através dos históricos. Fora isso, o Google Dashboard não passa de uma página com atalhos.

Cupons de desconto TecMundo: