NVIDIA lidera o mercado de placas de vídeo, mas ações para se manter no topo são muito importantes – por isso ela sempre desenvolve novos modelos para alcançar diferentes públicos.

Recentemente, a fabricante lançou a GeForce GTX 950, que chegou com preço camarada e performance na medida para os gamers que buscam uma solução para os jogos mais recentes que não custe os olhos da cara.

Acontece que, segundo fontes anônimas, as empresas parceiras estão tendo dificuldades para alcançar um bom volume de vendas da GTX 950. Obviamente, os números pouco expressivos deste produto de forma alguma implicam um problema financeiro ou perda de market share, mas é algo preocupante considerando o tempo que o chip já está no mercado.

Qual seria a razão para as limitações nas vendas? Aparentemente, o pequeno percentual de diferença no preço e também na performance entre a GTX 950 e a GTX 960 está complicando as vendas da placa de entrada. Ao que tudo indica, o consumidor simplesmente prefere gastar 5 ou 10% a mais e adquirir um modelo que promete mais desempenho.

É curioso que, apesar das dificuldades, a NVIDIA não pretende baixar os preços das GTX 950. O motivo? Segundo nossas fontes, a ideia é acabar com o estoque de GTX 750 Ti antes de tomar alguma decisão agressiva para alavancar as vendas da GTX 950.

Essa história fica ainda mais esquisita se lembrarmos que as placas de entrada são as mais vendidas. E outro detalhe: a GTX 950 não apenas mostra potencial similar ao da irmã mais robusta, mas, como já verificamos, modelos mais fortes conseguem até superar a GTX 960. Enfim, se bem posicionada, a GTX 950 pode ser um grande negócio.

Você acha que vale a pena comprar a GTX 950? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: