Depois que a AMD lançou o padrão HBM em suas placas, boatos surgiram indicando que a NVIDIA adotaria a segunda versão da tecnologia em seus próximos produtos.

A ideia faz sentido do ponto de vista mercadológico, mas não é um passo inteligente levando em conta que o GDDR5 ainda tem poder e consegue reduzir os custos de produção.

Pois bem, de acordo com rumores recentes publicados no site TweakTown, a NVIDIA deve mesmo manter a tecnologia GDDR5 nos chips com arquitetura Pascal. Entretanto, o padrão deve receber algumas melhorias e ganhar o nome de GDDR5X.

O principal diferencial seria a mudança na largura de banda de memória, que pode chegar a 448 GB/s — praticamente o dobro do que temos nos atuais dispositivos. Com esse update, os componentes da NVIDIA teriam memórias capazes de transferir quantidades de dados similares ao que vemos nos produtos da AMD (que chegam a 512 GB/s).

Mas e o HBM 2?

Bom, o HBM 2 ainda não é carta fora do baralho. Segundo as fontes do TweakTown, a NVIDIA está mesmo estudando apostar nessa novidade, mas deve restringir o uso do padrão HBM 2 para placas de vídeo profissionais da série Quadro (ou alguma versão nova).

A estratégia faz sentido se considerarmos que o público desse tipo de produto investe em dispositivos mais caros e não se importaria em ter ainda mais performance — já que o HBM 2 deve alcançar 1 TB/s de largura de banda de memória — para a renderização de conteúdos tridimensionais.

Cupons de desconto TecMundo: