Depois de anunciar novas arquiteturas para as GPUs focadas no mercado dos dektops, a NVIDIA mostrou seus futuros planos para o setor mobile. Entre as tantas apostas, a empresa exibiu um sistema que recebe o codinome “Kayla”. Esse componente, quanto estiver pronto, oferecerá desempenho inigualável e tamanho reduzido (tão pequeno quanto uma moeda).

Conforme a declaração de Jen-Hsun Huang, a NVIDIA Kayla será mais ou menos como “uma namorada do Logan” (uma das próximas arquiteturas da plataforma Tegra). Por ora, o protótipo da Kayla tem o tamanho de um tablet, mas já é potente o suficiente para realizar o processo de ray tracing em tempo real (algo que só era possível em GPUs de desktops).

No interior da Kayla, a NVIDIA vai colocar o recurso CUDA 5 (para processamento paralelo), o sistema operacional Linux (alguma versão adaptada, claro) e a tecnologia PhysX. A NVIDIA não especificou qual será o mercado desse dispositivo, tampouco uma data para o lançamento.

Cupons de desconto TecMundo: