Os novos processadores com a arquitetura Kepler, da NVIDIA, devem chegar ao mercado somente neste ano, mas se depender de Jen-Hsun Huang, CEO da companhia, a ideia é expandir as peças de 28 nanômetros também para smartphones.

Em entrevista à AnandTech, o executivo confirmou a hipótese. “Hoje é apenas o começo da geração Kepler. Por se tratar de uma arquitetura bastante eficiente em termos de consumo de energia, queremos expandi-la também para ultrabooks e superphones”, destacou.

Apesar da intenção, ainda não há nenhuma informação mais detalhada com relação à adaptação da arquitetura Kepler para outros tipos de plataforma.

Cupons de desconto TecMundo: