Se alguns acreditam que os supernotebooks vão substituir os desktops, a NVIDIA pensa ainda mais longe, e diz que os smartphones tomarão o lugar de principal máquina pessoal entre todos os computadores, isso em um futuro não muito distante.

A declaração se dá devido ao sucesso dos processadores da linha Tegra, poderosos chipsets móveis produzidos pela companhia. Segundo a empresa, alguns gadgets já contam com mais capacidade gráfica e de processamento do que computadores que vemos nas prateleiras das lojas – principalmente graças ao fato de que eles já contam com uma pequena placa gráfica GeForce instalada.

Além disso, se um Tegra 3 já é superior a um PC dual-core, daqui a dois anos os chips contarão com um poder de processamento até 75 vezes mais forte do que os Tegra 2.

Porém, apesar disso, muitos ainda contestam este tipo de declaração, principalmente pelo fato de que aparelhos móveis apresentam uma tela muito menor do que um avantajado monitor de 22 polegadas, por exemplo.

A própria NVIDIA confirma que as GPUs para PCs ainda são as preferidas dos consumidores mais hardcore e que contam com desktops potentes para rodar os seus games no máximo de desempenho possível.

Cupons de desconto TecMundo: