Compilador da CUDA agora tem código aberto. (Fonte da imagem: Reprodução / Nvídia Developer Zone)

A NVIDIA, uma das maiores fabricantes de placas de vídeo e processadores do mundo, anunciou na última terça-feira (13) que estava tornando público o acesso ao código-fonte do último compilador da CUDA. A arquitetura permite o processamento paralelo entre CPU e GPU, o que possibilita uma série de aplicações que você já viu em um artigo aqui no Tecmundo.

Os códigos foram publicados baseados em LLVM, uma infraestrutura de compilador open source e também desenvolvida em C++. Com a liberação dos códigos, a NVIDIA permite que a arquitetura seja utilizada para qualquer propósito além da computação em si, e ainda tem a intenção de aumentar a quantidade de equipamentos e linguagens que suportam a CUDA.

Se você é um programador, pesquisador ou curioso, pode acessar a página oficial da plataforma de liberação, preencher um cadastro e obter o código fonte gratuitamente.

Cupons de desconto TecMundo: