(Fonte da imagem: Divulgação / NVIDIA)

Kal-El, o misterioso processador SoC quad-core da NVIDIA (cuja denominação é uma homenagem ao nome alienígena do Super-Homem), finalmente teve algumas informações detalhadas pela empresa responsável, que lançou em seu site oficial uma série de artigos discutindo as vantagens da nova CPU.

Entre o enaltecimento do produto, que prezaria pelo alto desempenho, durabilidade de bateria e uma base melhorada para rodar games, editar vídeos, reproduzir imagens e 3D estereoscópico também estão entre as promessas da NVIDIA para o Kal-El.

Resolução recorde

Uma das novidades que mais impressionam é a resolução máxima que os dispositivos com esse processador podem atingir: 2560x1600, tornando o Kal-El o primeiro chip a suportar tais números. Ainda assim, deve ser necessário utilizar um cabo HDMI ou similares para obter esse resultado.

A expectativa agora é que o Wayne (em homenagem a Bruce Wayne, o Batman), codinome do sucesso de Kal-El, atinja resoluções ainda mais impressionantes no futuro.

O quinto elemento

Além disso, o modelo Kal-El vai contar com uma tecnologia de multiprocessamento de simetria variável (vSMP), que permite a adição de um quinto core com mesma tecnologia Cortex A9, chamado de “Companion”. Funcionando a partir de uma frequência menor que os demais, o núcleo extra deve executar tarefas em modo de espera, a reprodução de áudio e vídeo, o acesso a redes sociais, emails e aplicativos mais leves.

(Fonte da imagem: Divulgação / NVIDIA)

Desse modo, enquanto o “Companion” ocupa-se de uma série de tarefas menores, os demais cores estão livres para executar as tarefas mais pesadas (e aguardadas pelos consumidores), como rodar jogos pesados e reproduzir o 3D, por exemplo.

O Kal-El ainda deve ser apresentado pela NVIDIA neste ou no próximo mês, já que a expectativa é que os primeiros modelos cheguem ao mercado já em outubro, separadamente ou parte de algum aparelho novo.

Cupons de desconto TecMundo: