Ontem, durante apresentação especial, a NVIDIA anunciou uma nova ferramenta chamada Ansel. A novidade vem para ajudar os jogadores a capturarem screenshots nos seus jogos favoritos, conseguindo imagens impressionantes dos mundos virtuais.

O recurso projetado em parceria com as principais desenvolvedoras permite que o jogador faça composições únicas, criando uma verdadeira fotografia, algo que já vem sendo considerado como uma nova forma de arte.

Já existem alguns jogos que oferecem esse tipo de funcionalidade, porém as ferramentas disponíveis variam de acordo com a proposta do game, sendo que nem todos os títulos contam com ajustes muito avançados. A proposta da NVIDIA é levar essa novidade para vários jogos, permitindo que o jogador possa explorar novos horizontes.

O resultado é uma composição com dezenas de milhares de pixels, criando um quadro perfeito sem serrilhados

Com o NVIDIA Ansel, o jogador pode modificar o ângulo da câmera, ajustar valores diversos (como brilho, campo de visão, vinheta), aplicar filtros de pós-processamento (para deixar a foto com o efeito do Instagram), obter imagens em HDR e até fazer capturas especiais em 360 graus (para visualizar em dispositivos compatíveis com realidade virtual).

Como funciona o posicionamento da câmera?

Diferente dos atuais métodos, em que o jogador precisa calcular o tempo para pressionar a tecla Print Screen, com o Ansel, o processo de captura de imagem fica muito mais simples e inteligente. O recurso funciona como uma camada adicional sobre o conteúdo do jogo, sendo que o game é pausado para que os ajustes possam ser realizados.

Ao ativar o NVIDIA Ansel, o jogador poderá mudar o ângulo da câmera quantas vezes quiser, até que tenha conseguido o enquadramento perfeito. É possível navegar para todas as direções, aproximar a imagem, girar a câmera e efetuar várias manobras para que a composição fique de acordo com o seu gosto.

Apesar de ser uma ferramenta útil para fotos, o Ansel poderia ser perfeitamente usada por jogadores trapaceiros para obter vantagens em jogos multiplayer. Dessa forma, os desenvolvedores poderão impor algumas restrições na movimentação da câmera, evitando que os espertinhos usem de artifícios para trapaças.

Hora de renderizar: Super resolução

Depois de fazer os ajustes de câmera, o jogador precisa apenas clicar em “High Resolution” para que o Ansel faça a renderização da imagem de acordo com os parâmetros definidos. O resultado da imagem será uma composição com dezenas de milhares de pixels, criando um quadro perfeito e sem problemas de serrilhado.

O processo de renderização é quase que instantâneo, graças ao poder de processamento das placas GeForce GTX que conta com muitos CUDA Cores, os quais dividem as tarefas e entregam resultados perfeitos. As imagens podem ser visualizadas com tamanho nível de detalhes em programas como o Irfanview e outros similares.

Com tamanha qualidade, o jogador pode efetuar uma captura e aproximar a imagem para enxergar detalhes que ele nem imaginava que existiam no jogo. Em uma demonstração do jogo The Witcher 3, a NVIDIA mostrou que é possível usar zoom para visualizar conteúdos quase que ocultos e ainda obter imagens com detalhes das partes aproximadas.

Pós-processamento, HDR e 360 graus

Aproveitando a onda de apps como o Instagram, a NVIDIA adicionou ao Ansel algumas funcionalidades para ajustes de pós-processamento. Após capturar, o jogador pode regular o brilho, adicionar efeito de vinheta, mudar as cores e usar efeitos especiais que deixarão a imagem de acordo com a criatividade de cada um, o que garante screenshots sempre únicas.

Consumidores que usam televisores ou monitores equipados com a tecnologia HDR podem desfrutar de imagens ainda mais vivas. O Ansel conta com a opção para exportar o conteúdo em formato OpenEXR, o qual salva o conteúdo com grande alcance dinâmico. Neste formato, o jogador ainda pode optar por edição avançada no Photoshop.

Para finalizar, a NVIDIA apresentou um recurso adicional do Ansel que pode levar os fotógrafos de games a explorar novos horizontes. Com a captura em 360 graus, o usuário pode definir uma perspectiva única com múltiplas imagens. Esse tipo de conteúdo pode ser visualizado no YouTube, no Google Fotos e em outros serviços. É possível usar o Google Cardboard ou óculos como o HTC Vive, o Oculus Rift e o Samsung Gear VR.

Quais jogos e GPUs suportam o NVIDIA Ansel?

O NVIDIA Ansel não pode ser usado em qualquer game, sendo que é necessário um esforço das desenvolvedoras para que essa novidade seja implementada. Por ora, os jogos The Witcher 3, No Man’s Sky, The Witness e The Division vão ter suporte para a funcionalidade. Todavia, mais títulos estão em desenvolvimento e já virão com o recurso.

Vale notar ainda que somente a novíssima GeForce GTX 1080 vai ter suporte para o NVIDIA Ansel, uma vez que esta novidade exige uma grande capacidade de processamento, bem como necessita de instruções específicas.

Cupons de desconto TecMundo: