Imagem de: NVIDIA vai trabalhar com duas placas de referência em suas novas GPUs

NVIDIA vai trabalhar com duas placas de referência em suas novas GPUs

1 min de leitura
Avatar do autor

Rumores divulgados no começo desta semana indicam que a NVIDIA deve trabalhar com duas placas de referência em sua próxima geração de GPUs. Enquanto o modelo convencional da GP104 deve servir como base para a aguardada GTX 1070, a versão “Premium” do hardware vai embasar a GTX 1080.

A principal diferença entre as duas placas deve ser o tipo de memória RAM suportada por cada uma delas. Enquanto a primeira deve trabalhar com 8 GB de memória GDDR5 com banda de 256 GB/s, o modelo mais completo deve usar 8 GB de memória GDDR5X com largura de banda de 320 GB/s.

A suposta GP104

A informação parte dos fóruns do site bitsandchips.it, responsável por revelar as primeiras fotografias da GP104 há poucas semanas. Segundo as fontes consultadas, a GTX 1070 deve trabalhar com uma versão “capada” do chip com codinome GP104-200 — informação que ainda deve ser tratada com cautela, visto que ela não foi confirmada pela NVIDIA.

A decisão de investir em duas placas de referência se faz necessária pelos diferentes tipos de conexão utilizados pelas memórias GDDR5 e GDDR5X. Assim, não basta à fabricante simplesmente substituir o componente na hora de lançar diferentes versões de suas placas de vídeo no mercado.

O que você espera da próxima geração das GPUs da NVIDIA? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
NVIDIA vai trabalhar com duas placas de referência em suas novas GPUs