Estamos há poucos dias do lançamento oficial do Moto X+1 da Motorola e os vazamentos sobre o aparelho não param de pipocar na internet. A notícia mais recente do smartphone é a sua suposta homologação no FCC, a Anatel dos EUA, dando autorização, portanto, à fabricante para vender o smartphone nos Estados Unidos.

O dispositivo foi flagrado nos registros de homologação, mas sem uma imagem ou esquema feito seguindo a aparência real do smartphone. De qualquer forma, suas dimensões frontais dos foram especificadas.

Moto X+1 ou Nexus 6?

O problema é que exatamente nesse ponto as coisas ficam intrigantes. A fonte anônima que vazou o documento do FCC na internet diz que o esquema é referente ao Moto X+1, mas anteriormente dizia que este era o Nexus X, o próximo aparelho da Google feito pela Motorola. A confusão é explicada pela dimensão diagonal de 149 mm mostrada na imagem, o que representa praticamente 5,9’’, quando o sucessor do Moto X estava sendo comentado com uma tela de 5,2’’ até agora.

Acontece que esta medida seria na verdade a dimensão diagonal do corpo inteiro do aparelho e não apenas da tela, apesar de o esquema dizer “Display Screen”. Essa descrição no meio seria um erro, já que o FCC sempre usa essa linha diagonal para medir o corpo e não a tela dos smartphones homologados.

O Moto X+1 deve ser lançado em um evento que acontecerá simultaneamente na IFA 2014 (em Berlin), nos EUA e no Brasil. No mesmo dia, aparelhos como o Moto G2, o Moto 360 e outros também podem dar as caras. O TK Tech News inclusive diz que o Moto X+1 e o Moto G2 estarão disponíveis para venda já no dia do lançamento, uma vez que os aparelhos já chegaram ao varejo nos EUA e na Índia. Não há detalhes sobre a disponibilidade no Brasil por enquanto.

Cupons de desconto TecMundo: