(Fonte da imagem: Divulgação/Autodesk)

Em um evento realizado na manhã de hoje (17) em São Paulo capital, a Autodesk (famosa por seus softwares profissionais de modelagem 3D e desenho técnico) resolveu reunir a imprensa especializada para falar um pouco mais sobre a atuação da companhia no território brasileiro e as estratégias que ela está adotando com base nas novas tendências do mundo digital.

De acordo com Mary Hope McQuiston, diretora de marketing para a área de Consumer da Autodesk, o foco da companhia sempre foi criar e distribuir soluções para diversas áreas da indústria de entretenimento visual (como desenvolvedoras de jogos, estúdios de animação, ilustradores profissionais, arquitetos, decoradores etc.). Com sua nova leva de aplicativos para dispositivos móveis – como o Sketchbook, o 123D e o Homestyler – a Autodesk pretende conquistar também os consumidores isentos de conhecimentos técnicos.

“As pessoas querem se expressar de forma criativa”, comenta Mary Hope. Conforme a executiva, a rede de apps da empresa já conta com 130 milhões de usuários, sendo que pelo menos 140 mil experimentam um dos programas a cada dia. McQuiston também afirma que o Brasil é um importante mercado para a Autodesk – mais especificamente, o segundo maior em questão de números de utilizadores. Justamente por isso, a companhia inicia agora uma tentativa de estreitar as relações com os consumidores tupiniquins. Tal estreitamento começa hoje mesmo, com o lançamento oficial da versão em português do aplicativo Sketchbook (disponível tanto para Android quanto para iOS).

Mary Hope McQuiston palestra sobre a Autodesk (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Modelagem 3D para todo tipo de público

Além do Sketchbook (que permite fazer desenhos e pinturas), a Autodesk também destaca sua série de apps nomeados como 123D, que facilitam a criação de modelos tridimensionais por usuários que não possuem domínio em ferramentas mais avançadas. Tal “franquia” já conta com cinco programas diferentes.

  • 123D Catch: permite que você gere modelos tridimensionais através de uma série de fotos de um mesmo objeto. Disponível para iPhone, iPad, PC e web.
  • 123D Creature: para criação de monstros e criaturas fantasiosas. É possível usar templates ou começar seu projeto totalmente do zero. Por enquanto só está disponível para iPad.
  • 123D Design: semelhante a outros programas tradicionais de modelagem 3D, mas com menus e mecânicas simplificadas. É possível utilizá-lo no Mac, PC, iPad ou na versão web.
  • 123D Sculpt: exclusivo para iPad, este app permite que você use modelos prontos de esculturas de argila e modele-as de acordo com sua vontade.
  • 123D Make: voltado para a criação de projetos do tipo papercraft, que podem ser impressos em diferentes partes, recortados e posteriormente montados de forma simples. Tem versões para iPhone, iPad, PC, Mac e web.

Criando e decorando

Outro trunfo da empresa é a ferramenta Homestyler, perfeita para quem gosta de decoração e arquitetura. O app (que tem versões para iPad e web) permite que qualquer pessoa projete uma casa com extrema facilidade, criando modelos tridimensionais e fotografias realistas de cada um dos seus cômodos detalhadamente organizados.

Além disso, na versão para iPad, você pode tirar uma foto de uma parte de sua casa e simular novas decorações através de tal fotografia, alterando a cor de sua parede, adicionando móveis, inserindo quadros etc.

Quarto feito em cinco minutos pelo Tecmundo para testar o Homestyler (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

E para quem gosta de vídeos...

Por fim, outra grande aposta da Autodesk é o Socialcam, um famoso app de compartilhamento de vídeos capaz de se conectar às principais redes sociais como Facebook e Twitter. Michael Seibel, responsável pelo desenvolvimento do programa original (que posteriormente foia comprado pela Autodesk), também marcou presença no evento e comentou sobre a trajetória do aplicativo.

Michael Seibel, fundador do Socialcam (Fonte da imagem: Divulgação/Autodesk)

Conforme o desenvolvedor, a ideia inicial era criar uma solução que permitisse a transmissão de vídeos ao vivo através do smartphone, mas esse plano não se mostrou tão eficiente. Foi só então que Michael decidiu criar um software para compartilhamento de pequenos clipes aprimorados com efeitos especiais variados. Hoje, o Socialcam conta com versões para dispositivos iOS e Android, e a ideia é implementar cada vez mais recursos ao programa.

Ao ser questionado inclusive sobre a importância do aplicativo durante as recentes ondas de protestos no Brasil, Turquia e Egito, Seibel diz acreditar na importância da ferramenta para que a população possa registrar momentos importantes e compartilhar suas próprias visões dos fatos com seus amigos através das redes sociais.

Cupons de desconto TecMundo: