(Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

Não é surpresa para ninguém que a AMD já teve dias melhores. Depois de perder uma enorme porcentagem do seu mercado para os smartphones e portáteis, a empresa se viu obrigada a contratar o banco JPMorgan Chase & Co, que ficará encarregado de buscar alternativas para a companhia conseguir se manter.

Então, qual deve ser o destino da AMD? Segundo o Reuters, investidores acreditam que a empresa (ou ao menos parte dela) deve ser comprada por outra empresa de tecnologia que esteja em busca de maior controle sobre seus componentes e softwares. Entre as possibilidades citadas pelos investidores estão companhias como Microsoft, Google, Samsung, Facebook e até mesmo a Intel – sua maior concorrente no ramo de processadores.

Outra possibilidade também seria a de usar seus recursos atuais para comprar outras empresas e tecnologias que possuam aquilo que a AMD acredita ser necessário para que ela possa voltar a lucrar no mercado.

Porém, o analista Cody Acree acredita que as chances sejam baixas. “No momento, eles não possuem o dinheiro em seu patrimônio ou no preço de suas ações para fazer uma aquisição viável”, diz ele. Será que estamos vendo uma das mais importantes fabricantes de chips se tornando uma “segunda Kodak”?

Cupons de desconto TecMundo: