Empresas podem negar acordo para a padronização das fontes. (Fonte da imagem: Reproedução/MercadoLivre)

A International Electrotechnical Commission (IEC), instituição sueca responsável por publicar anualmente padrões que pautam o andar das tecnologias eletrônicas, anunciou nesta semana que pretende estimular a universalização das especificações técnicas de carregadores de laptops. A medida teria por objetivo reduzir a emissão de lixo eletrônico e estender o tempo de vida útil do dispositivo.

Mas a implantação deste padrão pode não acontecer de modo pleno: algumas fabricantes de computadores, tais como Dell, HP e Apple, não parecem estar dispostas a alterar o formato de seus carregadores. O argumento majoritário usado por essas empresas é o de que eventuais mudanças na tal peça poderiam ferir o perfil estabelecido por uma ou outra marca.

“Uma fonte única de alimentação que abrange uma ampla gama de computadores portáteis é o próximo passo para a redução de lixo eletrônico e, consequentemente, para o menor impacto dos componentes em nosso planeta”, diz Frans Vreeswijk, secretário e CEO da IEC.

Deve-se destacar, por fim, que existe a possibilidade de publicação de uma carta que padroniza o formato dos plugs de tomadas, tamanho de cabos e até mesmo de tipos de fontes em função de voltagem. Em 2011, por exemplo, a IEC obteve sucesso ao ditar um formato técnico específico a carregadores de celular às fabricantes: hoje, 82% das fontes para smartphones na Europa estão de acordo com os padrões da IEC.

Cupons de desconto TecMundo: