Quando a Intel lançou a alcunha “ultrabook”, uma série de fabricantes se animou em acompanhar o processo e lançar produtos que levavam a etiqueta. O que a fabricante de processadores fez foi criar um padrão de requisitos mínimos que precisa ser respeitado pelas montadoras de computadores.

A criação da nova categoria de computadores portáteis teria sido uma maneira de competir com o MacBook Air, da Apple.

Somente respeitando essa lista de requisitos é que é possível batizar a máquina como ultrabook, e a Samsung foi uma das empresas que embarcou no processo, lançando uma grande variedade de máquinas.

Entretanto, apesar de se enquadrar na categoria de ultrabooks, o Samsung Series 9 modelo 900X3D não ostenta o selo da Intel.

Essa medida talvez tenha sido tomada para possibilitar à Samsung criar uma identidade própria para os seus produtos, evitando ao máximo cair na vala comum ao lado de outros fabricantes de computadores ultraportáteis.

Dessa maneira, ela consegue diferenciar o seu aparelho perante os consumidores, oferecendo mais que um “simples” ultrabook. O 900X3D é um notebook ultraportátil, com um design muito bom e um hardware respeitável. Mas será que ele é tudo isso mesmo?

Especificações

  • Processador: Intel Core i5-2537M;
  • Clock do processador padrão: 1,40 GHz;
  • Clock do processador com Turbo Boost ativado: 2,3 GHz;
  • Cache do CPU: 3 MB;
  • Tela: 13,3 polegadas com resolução de 1600x900 pixels e tecnologia SuperBright Plus;
  • Memória RAM: 4 GB DDR3 (1.600 MHz);
  • Armazenamento: 128 GB SSD;
  • Chip gráfico: Intel HD Graphics 3000 (integrado);
  • Alto-falantes: 2x 1,5 W com tecnologia SoundAlive;
  • Câmera: 1,3 megapixels;
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, Bluetooth 4.0, WiDi, RJ45;
  • Conexões: VGA (através de cabo especial), Micro HDMI, 1x USB 2.0, 1x USB 3.0, cartões SD/SDHC/SDXC;
  • Bateria: 4 células – Li-Po (interna);
  • Dimensões: 31,24 x 21,84 x 1,29 centímetros;
  • Peso: 1,13 kg.

Aprovado

Design impecável

Sem sombra de dúvidas, a primeira coisa que chama atenção no Samsung 900X3D é o seu design absolutamente impecável. Assim como diversos modelos de ultrabooks, ele é extremamente fino, leve e traz um acabamento muito bom.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Toda na cor prata, a carcaça externa é feita de metal, assim como o MacBook Air, da Apple. Inclusive, as semelhanças entre os dois não param por aí, e isso não é uma coisa ruim, já que o computador da Maçã é conhecido pelo seu design incrível.

O notebook da Samsung possui cerca de 13 milímetros de espessura e pesa apenas 1,13 kg, superando o concorrente em tamanho, uma vez que o dispositivo da Apple pesa 1,4 kg e mede 17 milímetros.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Assim como outros modelos da mesma categoria, este também não possui uma bateria removível. Dessa forma, o aspecto dele como um todo é extremamente sólido.

Teclado iluminado

Logo que levantamos a tampa percebemos o teclado na cor preta, que também segue o mesmo design do MacBook Air e traz praticamente a mesma disposição de teclas, salvo as diferenças de layout existentes entre os sistemas. Além disso, o teclado possui iluminação própria que funciona automaticamente assim que o computador detecta a ausência de luz ambiente.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

As teclas são suaves ao toque e, como a disposição delas segue o padrão “chocolate”, o teclado proporciona bastante conforto na hora de digitar os textos.

O trackpad também é grande e espaçoso, o que permite uma navegação mais tranquila quando não se tem um mouse disponível. A ferramenta oferece a possibilidade de gestos multitoque, o que facilita a interação com a nova interface do Windows 8.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Os dois botões do trackpad ficam ocultos nos cantos de baixo da peça, fazendo com que o ato de clicar seja mais natural, uma vez que é necessário apenas pressionar a superfície da ferramenta nos cantos para clicar.

Qualidade de imagem

Quando finalmente ligamos o notebook, percebemos outro detalhe importante: a qualidade da imagem. A tela de 13,3 polegadas possui uma resolução de 1600x900 pixels, garantindo uma definição superior à da grande maioria de ultrabooks disponíveis no mercado atualmente.

Voltando a comparar com a máquina da Apple: o MacBook Air de 13 polegadas possui uma tela com uma resolução de 1440x900 pixels.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Mas e como é que um monitor que não seja Full HD possui tanta qualidade visual? Simples: isso é possível graças ao tamanho reduzido da tela, que é de apenas 13,3 polegadas.

Sendo assim, a densidade de pontos por polegada (DPI – Dots Per Inch) é muito maior do que em outros modelos de notebooks, em que a resolução-padrão geralmente não passa de 1366x768 pixels.

Resumindo: quanto menor a tela e maior a resolução, melhor será a qualidade da imagem.

A tela com painel de LED também ostenta outro recurso excelente desenvolvido pela Samsung: o SuperBright Plus, que proporciona o dobro de brilho às imagens, garantindo uma taxa de contraste maior, inclusive em locais com muita luz.

Velocidade para o dia a dia

Uma das características principais dos ultrabooks — e dos notebooks ultrafinos, como esse — é a velocidade, principalmente na hora de ligar o equipamento. A união do disco SSD de 128 GB com o Windows 8 chega assustar na hora do boot: poucos segundos após pressionar o botão de ligar, você já é levado à interface do Windows 8.

O hardware do equipamento é adequado. O processador Intel Core i5 não é a CPU mais veloz do mercado, mas tem força de sobra para movimentar os bits e bytes das tarefas mais comuns do dia a dia.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Por carregar um disco SSD e nenhum disco rígido comum, o Samsung 900X3D pode oferecer muito mais rapidez dentro do sistema também na hora de abrir e fechar programas, copiar ou mover arquivos grandes.

Softwares embarcados, mas só se você quiser

Os softwares embarcados enviados pelos fabricantes — ou “crapware”, como também são conhecidos — geralmente servem apenas para deixar a máquina mais lenta, uma vez que, na ânsia de tentar agradar a todos, uma grande variedade de programas é instalada.

Ao ligar o Samsung 900X3D pela primeira vez, você não vê nenhum aplicativo que não seja nativo do Windows instalado. Chega até a ser um pouco estranho ver uma máquina nova com uma configuração limpa desse jeito: nada além do sistema operacional acompanha o notebook.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Em vez de enviar o produto com um grande volume de softwares instalados, a Samsung optou por deixar um instalador diretamente na Área de trabalho. Dessa maneira, o usuário pode escolher através da interface do programa o que deseja instalar. Estão disponíveis para download os drivers da máquina, aplicativos como Norton Online Backup e Power DVD, entre outros.

A interface do instalador é simples e descomplicada, bastando escolher o que você deseja. Além disso, é possível utilizar esse mesmo sistema para manter esses programas atualizados e organizados.

Reprovado

Preço alto

O preço sugerido no mercado nacional varia de R$ 3.600 a R$ 4.000. Isso significa que não é difícil encontrar equipamentos com hardware semelhante — ou até melhores — por um preço menor.

Nos Estados Unidos o modelo fica na faixa de preço dos US$ 800, o que totaliza pouco mais de R$ 1.600, sem os impostos.

Nada de tela de toque

O notebook da Samsung possui um design incrível, não pesa quase nada e o seu hardware pode não ser o mais avançado, mas é adequado para a maioria das pessoas que quer garantir a mobilidade e o desempenho no dia a dia. Entretanto, a falta de uma tela de toque prejudica a experiência de uso com o Windows 8.

É difícil não se pegar com o dedo na tela tentando arrastar as tiles do Windows 8, já que navegar na nova interface do sistema operacional com o trackpad ainda é relativamente desajeitado, por mais que existam movimentos que procurem facilitar essa interação entre o usuário e a máquina.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A falta desse recurso em uma máquina com um preço relativamente alto (pelo menos no Brasil) é um fator a ser considerado antes da aquisição do produto.

Cuidado para não se queimar!

A bela carcaça de metal e o formato ultrafino proporcionam um efeito colateral indesejado no Samsung 900X3D. Quando a máquina é utilizada por algum tempo, ela tende a esquentar muito, principalmente na parte de baixo. Durante os testes, essa região chegou a atingir mais de 50 graus célsius, ao mesmo tempo em que o processador Core i5 suportava o trabalho a mais de 70 graus.

Essa temperatura não é suficiente para causar queimaduras ou danificar o equipamento, mas chega a incomodar caso você utilize a máquina no colo por muito tempo.

Nada de upgrades por aqui

O design ultrafino dos equipamentos exige que o espaço seja muito bem aproveitado. Para que isso seja possível, alguns recursos precisam ser removidos, como é o caso de slots de expansão. Justamente por esses fatores é que tanto o disco SSD de 128 GB quanto os 4 GB de memória RAM são soldados na placa-mãe do notebook, tornando futuros upgrades quase impossíveis.

O formato ultrafino exige um hardware muito mais integrado. (Fonte da imagem: Tecmundo)

Isso é relativamente comum em smartphones e tablets, mas, quando falamos de um computador, a coisa muda de figura. Pode ser que a quantidade de memória seja suficiente hoje, mas e amanhã?

Vale a pena?

Sem dúvida os notebooks da linha Série 9 da Samsung são impressionantes em quase todos os aspectos, e o 900X3D não é uma exceção a essa regra, mostrando que tem muito a oferecer.

O equipamento consegue ser mais fino e mais leve que o aclamado MackBook Air da Apple. O design da máquina é de muito bom gosto e isso pesa na hora de escolher um novo computador portátil.

O teclado — iluminado — e o trackpad formam uma dupla interessante no notebook. Enquanto o primeiro pode proporcionar conforto na hora da digitação, o segundo oferece precisão nos movimentos.

Entretanto, a dupla não consegue superar a falta que faz uma tela de toques na hora de navegar na interface nova do Windows 8.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A duração da bateria é relativamente boa: em condições de stress máximo do processador e com o sistema de energia configurado para o modo de alto desempenho, a máquina aguentou mais de duas horas de trabalho intenso antes de pedir arrego. Caso o sistema de energia seja regulado para o modo econômico, o equipamento pode aguentar mais tempo.

O monitor possui uma definição de imagem interessante. A Samsung empregou tecnologias próprias exclusivas na fabricação da peça, o que garante a qualidade do produto. A tela antirreflexiva consegue exibir uma imagem viva, brilhante e com uma excelente taxa de contraste mesmo em ambientes com muita luz.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O computador pode ser adquirido no comércio brasileiro por valores que variam entre R$ 3.600 e R$ 4.000 (até o fechamento desta análise). O investimento é alto, e, se você puder abrir mão do design ultrafino e da qualidade de imagem proporcionada pelo aparelho, certamente vai conseguir encontrar equipamentos com um hardware igual — ou até melhor — por preços muito mais baixos.

Para finalizar: o Samsung Série 9 900X3D oferece muita praticidade e design, com um hardware bom para o dia a dia, mas que pode ser um problema na hora da execução de tarefas mais pesadas. A máquina possui uma qualidade indiscutível, mas o seu custo é relativamente alto para um equipamento que pode não substituir completamente o seu computador principal.

Cupons de desconto TecMundo: