Quem já experimentou comprar um notebook, sabe o quanto é difícil escolher um modelo. Existem diversas montadoras de notebooks, uma infinidade de modelos e cada um deles possui especificações diferentes. Há notebooks com processadores AMD, outros com Intel, alguns trazem placa de vídeo dedicada, enquanto outros possuem placa gráfica integrada. Pensando nessa enorme dificuldade que o consumidor possui para adquirir seu notebook, a AMD criou uma estratégia para facilitar a vida do comprador.

A fabricante de processadores criou os selos AMD Vision, os quais devem acabar com os antigos selos do AMD Turion, do AMD Athlon, do AMD Neo, da Radeon HD4330, da Radeon HD 4870 e todos estes outros que você já deve ter visto em notebooks. Evidentemente, não havia modo de acabar com selos, mas substituir vários selos por apenas um pode ser uma ação interessante. Os selos AMD Vision serão dividos em três categorias. Confira como irá funcionar a divisão.

AMD Vision

Os notebooks que possuírem o selo AMD Vision serão voltados ao público menos exigente. Esta categoria de notebooks será construída especificamente para usuários que realizam tarefas simples, tais como: reprodução de arquivos de áudio, visualização de vídeos online e apresentação de slides. Os notebooks da série AMD Vision serão equipados com o AMD Neo X2 (modelos e frequências poderão variar conforme a montadora), com uma placa de vídeo integrada (ATI Radeon HD3200 ou ATI Radeon HD4200) e chipsets da AMD (o modelo fica totalmente a critério da montadora).

AMD Vision Premium

O selo AMD Vision Premium será concedido aos notebooks de desempenho médio. Os usuários que procuram por um computador portátil capaz de reproduzir discos Blu-ray (nem todo notebook com este selo trará drive de Blu-ray), sintonizar canais de televisão, editar fotos através de programas pesados e manipular arquivos de áudio com maior agilidade, certamente devem optar por um notebook com selo AMD Vision Premium.

Os notebooks da série Vision Premium trarão: processador AMD Neo X2 (modelo e frequência definidos pela montadora), placa de vídeo dedicada (ATI Radeon HD4330 ou superior) e chipset AMD (escolhido pela montadora). Quantidade de memória, tamanho do disco rígido e outras configurações podem variar conforme a montadora. Todas as tarefas que os notebooks da série AMD Vision conseguem realizar, os computadores com o selo Premium também serão capazes de efetuar.

AMD Vision Ultimate

O terceiro selo é o AMD Vision Ultimate, o qual será concedido aos notebooks que forem dedicados para o público mais exigente. Quem deseja criar e editar vídeos em alta definição, editar e mixar músicas, jogar games com a tecnologia DirectX 10.1 e gravar programas de TV deve apostar num notebook com o selo AMD Vision Ultimate.

Por serem notebooks mais potentes, os computadores da série AMD Vision Ultimate trarão: processador AMD Turion X2 (modelo e frequência são definidos pela montadora), placa de vídeo dedicada (ATI Radeon HD 4870 ou superior) e chipset AMD (escolhido pela montadora conforme o modelo do computador). Outros detalhes da configuração ficam a critério da montadora. Obviamente, os notebooks desta série são capazes de efetuar todas as tarefas dos notebooks com o selo AMD Vision Premium.

Em breve numa loja perto de você

Os selos AMD Vision serão adotados por várias empresas, mas não há uma necessidade absoluta de toda montadora aderir à nova moda da AMD. Segundo o site oficial, os selos AMD Vision não eliminarão a possibilidade de o consumidor saber a real configuração do notebook no qual tenha interesse. Vale frisar que as lojas terão folders e explicações detalhadas sobre os selos, para que o comprador não fique confuso.

Agora fica a pergunta: será que estes novos selos irão facilitar? O que você acha desta nova ideia da AMD? Será que este selo irá acabar com a confusão sobre os modelos de processadores? Dê sua opinião, queremos sua participação em nosso portal.

Cupons de desconto TecMundo: