Quem nunca incomodou o vizinho que atire a primeira pedra. Afinal, quem nunca fez um churrasco com os amigos até altas horas da madrugada, teve um bebê recém-nascido em casa, uma criança com dor de dente ou deixou a música preferida bombando no rádio da sala, mesmo morando em prédio. E não faça essa cara de “Eu, imagine!” porque não cola, viu!

Brincadeiras à parte, muitas vezes acabamos fazendo certas coisas que incomodam as pessoas do lado, mesmo que a gente nem perceba o que está acontecendo. Se você já se identificou com algumas dessas situações ou lembrou-se de histórias parecidas, vai se identificar com este artigo.

Divirta-se com este artigo

Depois de vários artigos contemplando hábitos irritantes na internet, no Orkut, etiqueta para a internet e dicas para ser um micreiro mais educado, vamos agora focalizar na boa e velha política da boa vizinhança, dessa vez utilizando aparelhos eletrônicos. Sempre sem querer ofender ninguém com nossas dicas, apenas tentando conscientizar e dar boas risadas ao mesmo tempo.

Boa Educação

A pessoa que te educou com certeza já falou várias vezes para você não mascar chicletes de boca cheia. Pois é, isso é alguém tentando te dar uma boa educação, afinal, quem gosta de ver aquela gosma vermelha passeando pela língua, certo?

Com aparelhos eletrônicos é a mesma coisa, só que ninguém tem coragem de chamar a atenção do outro por causa disso. Mas o Portal Baixaki é corajoso, e vai dar um puxão de orelha nos desavisados, assim como a vovó fazia em quem roubava doces antes do almoço. Vamos às lições:

Celulares

Não precisa gritar!

Não é porquPolítica de vizinhança com celularese os celulares estão cada vez menores, ou seja, a boca fica mais afastada no microfone do celular que você precisa falar mais alto, ainda mais se está em uma reunião ou em locais fechados.

Alías, a maioria das pessoas não se interessa em saber em como vai a tia Cotinha, onde você passou o final de semana e quem você paquerou naquela festa. Que bom que sua tia está boa, seu final de semana foi na praia e a gatinha (ou gatinho) te deu bola. Conte isso para os amigos, mas sem gritar a plenos pulmões. Os ouvidos alheios agradecem.

Eu tenho que ouvir isso?

Com a evolução digital e a constante troca de informações, a tecnologia está cada vez mais rápida e acessível. Isso faz com que todo mundo tenha um celular que toque músicas e alguns que já recebam sinais de televisão.

Fones de ouvidos, sejam sempre usados!Mas saiba que estes aparelhos trazem também o mais útil e básico dos equipamentos: os fones de ouvidos. Use-o quando for assistir seu programa preferido dentro do ônibus, uma vez que as outras pessoas podem não estar acompanhando a última temporada da sua série favorita.

Ele também é extremamente recomendado para quem gosta de músicas. As pessoas sabem que você gosta de compartilhar, mas não enfie nada goela abaixo do pobre coitado do seu lado. Talvez rap, rock ou samba não sejam os gêneros favoritos dele.  

Cada um na sua, mas com algo em comum

Seja educado, não tire sarro do aparelho do vizinho. Tem gente que não precisa de uma Ferrari para andar a 30 por hora. Isso quer dizer que cada um tem o celular que pode ou que vai usar para aquilo que mais gosta.

Quem só faz ligações e recebe mensagens não precisa necessariamente comprar uma máquina que tenha os componentes mais avançados, mas sim um celular simples e barato. Porém, se você é um usuário que gosta de equipar sua máquina, baixar jogos, aplicativos, músicas, temas e muito mais, um celular simples não vai te fazer feliz.

Escolhendo um ou outro, o que vale frisar é o respeito. Cada um compra aquilo que pode, e usa aquilo que quer. Preconceito com os celulares mais simples, não! Afinal, eles também são parte integrante da sociedade, e querendo ou não, são os mais usados por aí.

Você está falando comigo ou com ele?

Deixe para tuitar em casaVocê convidou um amigo para o almoço, então não fique tuitando ou respondendo mensagens durante a conversa. Isso é desagradável para o convidado, que não sabe se está agradando ou não, além de ser chato conversar e ser interrompido constantemente por sinais de mensagens e risadas que pertencem apenas aos tuiteiros de plantão.

Ninguém gosta de ser excluído, e já que você convidou o amigo para um papinho a dois, nada melhor do que deixar os comentários sobre o almoço para quando você chegar em casa, ou quando, de fato, o almoço acabar. Vai que rola uma indigestão por causa da comida que você tanto  elogiou...

Notebooks

Conexões sem fio e comida

Atualmente, a venda de notebooks subiu enormemente, devido não só à baixa dos preços (apesar de ainda estarem bem longe dos preços dos computadores não-portáteis), mas também à praticidade que eles representam. Hoje é possível acessar a internet de muitos lugares diferentes através de uma boa conexão sem fio (wireless).

Conexão sem fio (wireless)

Ainda mais interessante é perceber que estas conexões estão em locais relativamente seguros, freqüentados por muitas pessoas como os shoppings, por exemplo. Estes lugares dispõem da tecnologia wireless em sua praça de alimentação, para que usuários possam usar seus notebooks também ali.

Seja educado, não retarde a fome dos outrosÉ aí que entra o grande problema. Uma equação complicada principalmente na hora do almoço, uma vez que os shoppings ficam lotados e as mesas, escassas. Por isso seja educado, não acesse a internet no horário de almoço.

Falamos isso não por causa da internet, mas por causa da mesa que você ocupará. Dê seu espaço para pessoas que contam com horário de almoço usar a praça de alimentação para se alimentar, afinal, a praça não recebe este nome só porque é bonitinho, certo?

Depois que a movimentação dissipar, volte para o seu acesso da conexão wireless do shopping, e aproveite para sair do computador e almoçar você também, pois aposto que você ainda não comeu nada, mesmo estando ali por mais de duas horas...

Roteadores

Não roube a internet do vizinho

E por falar em conexão sem fio, nada mais desagradável do que saber que outras pessoas estão usando a sua internet sem a sua permissão.  Por isso, não roube a internet dos outros só porque a pessoa tem um roteador potente para usar e pouco conhecimento para bloqueá-lo para acesso de estranhos.

Não roube a internet do vizinho

Uma opção legal é falar com o vizinho e conversar para compartilhar a internet. Dessa forma você divide a conta e não faz nada ilegal, e talvez faça um novo amigo. Quem sabe se além da internet você não precisará de uma xícara de açúcar?

Bom senso é bom e todo mundo gosta

Depois destes exemplos, o que queremos enfatizar é que as pessoas devem usar o bom senso com seus aparelhos eletrônicos. Uma política de boa vizinhança quando se trata deste assunto é uma ótima pedida quando falamos da invasão do espaço alheio.

Obviamente que muitas vezes precisamos atender o celular em locais públicos ou usar a internet em uma emergência, mas isso não quer dizer que o vizinho tenha necessariamente que ser incomodado. Vá para um lugar mais tranquilo para atender a ligação, pois assim você poupa sua privacidade e ainda não incomoda ninguém.

Seja respeitoso com o seu vizinho, e lembre sempre daquele ditado mais que conhecido, mas não menos verdadeiro: “não faça com os outros aquilo que você não quer que façam a você”.

Esperamos que este artigo tenha feito você dar boas risadas, e ficamos por aqui, sabendo que existem muitos outros hábitos irritantes das pessoas e seus aparelhos eletrônicos. Agora é sua vez. Dê sua opinião e comente algum episódio engraçado sobre estes aparelhinhos que ajudam tanto no nosso dia-a-dia.

Cupons de desconto TecMundo: