Achou que a Nokia ia ficar apenas com os celulares em sua suposta volta triunfal? Pois se engana. Se as especulações recentes forem verdadeiras, a empresa também está se preparando para entrar no mercado de vestíveis, entre várias outras possibilidades.

As suspeitas vêm com um recente anúncio de imprensa, em que a empresa recomenda aos seus acionistas votarem a favor de uma série de mudanças. Entre os itens ali citados, há uma descrição detalhada do foco da companhia; nele, a Nokia descreve a criação e venda de produtos, softwares e serviços que incluem telecomunicação, a Internet das Coisas, multimídia, big data e o mais importante: “Wearables para consumidor e outros eletrônicos.”

Confira a descrição feita pela empresa, na íntegra:

“O objetivo da companhia é pesquisar, desenvolver, manufaturar, promover, vender e entregar produtos, softwares e serviços a uma vasta gama de consumidores e mercados empresariais. Esses produtos, softwares e serviços relacionam-se a, entre outras, infraestruturas de rede para operadoras de telecomunicação e outras companhias, a Internet das Coisas, saúde humana e bem-estar, multimídia, Big Data e Analytics dispositivos móveis e vestíveis para o consumidor e outros eletrônicos. A Companhia também pode criar, adquirir e licenciar propriedade intelectual e software, bem como se engajar em outras operações comerciais e industriais, incluindo a troca de securities e outras atividades de investimento. A companhia pode seguir com suas operações de negócios através de companhias subsidiárias, companhias afiliadas e joint ventures.”

Não há como dizer que a novidade é uma completa surpresa – afinal, a Nokia vem tentando se reestabelecer no mercado de eletrônicos há um bom tempo. Mas isso também deixa bem claro que ao menos parte do foco da empresa ainda dependerá da aceitação dos acionistas. Logo, tudo o que podemos fazer é esperar para ver que rumos a gigante finlandesa vai tomar.

Você compraria um wearable feito pela Nokia? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: