(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

Os últimos termos da negociação entre Nokia e Microsoft foram acertados e a venda da fabricante finlandesa finalmente será concretizada pela gigante norte-americana. Baseado no aumento do preço das ações da Nokia, o valor final da negociação ficou próximo dos US$ 7,5 bilhões — cerca de US$ 300 milhões a mais do que era cogitado nas primeiras impressões dos analistas.

Com esse aumento, quem também saiu ganhando foram os acionistas, grupo em qual se inclui o CEO da Nokia: Stephen Elop. Em vez de US$ 26 milhões previstos anteriormente, o valor que ele pode conseguir agora é de US$ 33 milhões, sendo que US$ 5,5 milhões serão recebidos em dinheiro por conta de rendimentos que são pagos regularmente aos acionistas da Nokia — 70% desse valor sairá dos cofres da Microsoft.

Esse alto valor que Elop receberá incomoda bastante alguns outros acionistas da Nokia. Como revelado pelo PhoneArena, muitos dizem que os milhões que Elop receberá são muito mais valiosos do que o que ele resultou para a empresa nos últimos anos. As críticas também são referentes ao fato de o próprio Elop ter ido para a Microsoft como vice-presidente de Dispositivos e Serviços Mobile. Será que ele merece tanto ?

Cupons de desconto TecMundo: