Nokia pode vender sua sede em Espoo(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Como apontavam os rumores noticiados no último mês de outubro, a Nokia realmente vendeu a sua sede principal localizada em Espoo, na Finlândia. A ação surge como mais uma das várias medidas adotadas pela companhia para tentar se reestabelecer e conseguir voltar a apresentar lucros significativos.

O gigantesco imóvel foi adquirido pela Exilion, uma grande empresa de investimento imobiliário com forte atuação no país. O negócio deve render para a Nokia um reforço de caixa de aproximadamente 220 milhões de dólares (cerca de 466 milhões de reais), que devem ser reinvestidos integralmente na companhia.

Segundo uma nota oficial divulgada pela gigante finlandesa, a empresa já não consegue “carregar tanto peso” assim, se referindo obviamente à venda de alguns ativos e demissões que vem ocorrendo nos últimos anos, tudo graças à crise que assola a companhia. Além disso, há até certo bom humor no comunicado, pois eles falam que a empresa não se preocupa com “investimentos no ramo imobiliário”, e que essa seria outra razão para eles estarem se desfazendo do imóvel.

No mesmo lugar

Pode parecer um pouco estranho, mas, apesar de a Nokia ter vendido o seu quartel-general, a empresa não vai a lugar algum. Isso porque no momento em que o negócio foi fechado, já ficou previsto também um contrato bem longo de aluguel, de forma que eles poderão continuar trabalhando normalmente no mesmo lugar. 

Cupons de desconto TecMundo: