(Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

A batalha pelo mercado de smartphones continua intensa. Enquanto Apple e Google lutam pela liderança, a Nokia quer quer entrar na briga e vencer as duas com o auxílio do Windows Phone. Para isso, a companhia finlandesa anunciou que irá investir em aparelhos mais baratos a fim de conquistar o consumidor que ainda não possui um celular multifunção por conta dos altos preços.

De acordo com o diretor-executivo da empresa, Stephen Elop, a ideia é lançar modelos que custem menos do que o Lumia 610, que é vendido na Europa por apenas 189 euros — cerca de R$ 493 na cotação atual. Ao apostar em lançamentos mais baratos, a Nokia pretende atingir o cliente emergente que procura uma alternativa que não pese em seu bolso.

Elop descreveu a decisão como uma medida agressiva para transformar o Lumia em um smartphone capaz de bater de frente com a concorrência, principalmente quando Android e iOS já se estabeleceram no mercado.

Em compensação, a estratégia da Nokia se mostra igualmente arriscada. Por mais que a redução do preço seja uma ótima maneira de atrair o cliente, isso também pode significar um corte de desempenho considerável. Com baixa memória ou a inexistência de alguns recursos, o consumidor pode ter uma má impressão da empresa e migrar direto para os braços da Google e da Apple.

Fonte: Slash Gear

Cupons de desconto TecMundo: