(Fonte da imagem: Divulgação / Nokia)

Há quem diga que a Nokia está em uma pior, devido às baixas vendas de seus smartphones. Isso pode ser verdade, mas não mudou o fato de que a fabricante finlandesa ainda é a maior empresa de celulares do mundo, deixando para trás grandes nomes como a Samsung e a Apple em 2011.

Apesar de ter apresentado uma queda de 8% em relação ao resultado obtido no ano anterior, a Nokia vendeu 113,5 mil celulares durante o último trimestre de 2011, ficando com 30% do mercado. A Samsung, em segundo lugar, registrou um total de 97,6 mil aparelhos, enquanto a Apple vendeu 37 mil unidades. Os números são do IDC.

Mesmo com o bom resultado, a expectativa da Nokia é que 2012 seja um ano difícil, com ainda mais quedas no faturamento e vendas de seus aparelhos, principalmente no segmento de smartphones. De acordo com o diretor do conselho da empresa, Jorma Ollila, a parceria com a Microsoft deve mudar este cenário, mas os efeitos ainda não serão sentidos neste ano.

Para a Nokia, a baixa taxa de adoção do Windows Phone é algo normal, que aconteceu com qualquer sistema operacional do mercado. A empresa acredita que a plataforma ainda vai decolar e espera ser a principal fabricante de aparelhos com a marca da Microsoft.

Cupons de desconto TecMundo: