(Fonte da imagem: Reprodução/Weibo Nokia)

A Nokia demorou alguns anos para lançar um smartphone Android, e agora que finalmente apostou nesse sistema, a empresa finlandesa revelou aparelhos bem mais simples do que os consumidores poderiam esperar.

Os três modelos da família Nokia X oferecem versões menos sofisticadas, sem os utilitários da Google e com uma definição e acabamentos mais simplificados, tendo em vista um público consumidor de renda mais baixa.

A aposta em aparelhos mais acessíveis, entretanto, tem se mostrado uma boa jogada da empresa; de acordo com um anúncio da companhia, em apenas quatro dias foram encomendados 1 milhão de unidades de aparelhos Nokia X na China.

A empresa tem muitos motivos para comemorar. A China pode ser hoje o maior mercado de telefonia móvel do mundo, e as opções baratas oferecidas pelos aparelhos Nokia X podem servir perfeitamente aos consumidores do país.

Um Android sem Google

Além disso, a China é um mercado em que a Google não tem muito alcance, e não há prejuízo no fato de os dispositivos Nokia X não utilizarem os serviços dessa empresa em sua versão do sistema operacional Android.

Na China, há diversos outros aparelhos que utilizam versões do Android sem os serviços da Google, e existem outras lojas de aplicativos que substituem a Play Store. Mesmo assim, os consumidores que desejarem instalar os utilitários da gigante de Mountain View podem fazer isto facilmente.

Os aparelhos Nokia X chegam ao mercado chinês no próximo dia 25 de março. Esses modelos serão comercializados também em outros mercados. O principal aparelho da Nokia X custa cerca de € 89 (ou US$ 124), enquanto o Nokia XL será vendido por € 109 (ou US$ 150).

Cupons de desconto TecMundo: