Nikon processa Polaroid por infração de patentes da câmera Nikon J1

1 min de leitura
Imagem de: Nikon processa Polaroid por infração de patentes da câmera Nikon J1
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Divulgação/Nikon)

Se você pensa que somente os smartphones e tablets possuem entraves judiciais por causa de acusações referentes a patentes infringidas, está muito enganado. Câmeras fotográficas também passam por situações desse tipo e a prova mais recente é o processo que a Nikon está movendo contra a Polaroid — que atualmente é propriedade da Sakar International — nos tribunais norte-americanos.

Segundo a Nikon, a câmera Polaroid iM1836 possui design que foi copiado da Nikon J1 — é realmente difícil não notar algumas semelhanças quando as observamos lado a lado. A empresa japonesa afirma que tentou entrar em acordo extrajudicial com a Polaroid, mas não obteve resultados. Por essa razão, entrou com a ação nos tribunais dos Estados Unidos.

A Nikon afirma, em uma nota oficial, que destina boa parte de seus esforços para criar designs diferentes e inovadores para os seus consumidores — sendo eles diferentes dos apresentados pelos concorrentes. Ainda não há informações sobre as datas dos julgamentos e também não há detalhes sobre o processo — ou seja, não há informações sobre as exigências da Nikon em relação à Polaroid.

(Fonte da imagem: Divulgação/Polaroid)

Até o momento não foi revelado se a Nikon deseja barrar as vendas da Polaroid iM1836 ou se apenas deseja ter o pagamento do uso das patentes infringidas. Agora que você já ficou sabendo do caso e analisou as imagens das duas câmeras, você acha que realmente ocorreu uma inspiração da Polaroid na produção das câmeras digitais ou são apenas coincidências?

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Nikon processa Polaroid por infração de patentes da câmera Nikon J1