Desde o início de 2016, a internet está sendo invadida por diversos rumores relacionados à produção de um novo modelo da linha Nexus que está sob responsabilidade da HTC. Com o codinome “Marlin”, o dispositivo deve acompanhar outro modelo conhecido como “Sailfish”, cujas especificações foram divulgadas no mês passado.

Complementando essas informações, começaram a circular nesta sexta-feira (1º) os primeiros dados completos sobre as especificações técnicas do Marlin. O produto deve ter uma tela AMOLED de 5,5 polegadas, chipset Snapdragon 821 e 4 GB de memória RAM, o que o tornaria capaz de competir com opções como o Galaxy S7 e o LG G5.

Pesquisa TecMundo 2016: nós queremos a sua opinião. Participe!

Outras características incluem a possibilidade de optar por 32 GB ou 128 GB de armazenamento interno, a presença de um leitor de impressões digitais e de uma conexão USB Tipo C. Para garantir que o dispositivo tem carga suficiente para realizar tarefas mais intensas, a HTC teria optado por uma bateria de 3.450 mAh.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0
  • Tela: 5,5 polegadas
  • Resolução: 2560x1440 pixels
  • Chipset: Snapdragon 821
  • Processador: quad-core com clock não especificado
  • GPU: Adreno 530
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 32 GB ou 128 GB
  • Câmera principal: 12 megapixels
  • Câmera frontal: 8 megapixels
  • Bateria: 3.450 mAh
  • Conectividade: USB Tipo C, Bluetooth 4.2
  • Extras: leitor de impressões digitais, caixas de som na parte traseira

São poucas as chances de que a HTC e a Google façam grandes alterações no produto finalizado

A partir das informações divulgadas, é possível notar que os dispositivos possuem características bastante semelhantes entre si, tendo como principais diferenciais o tamanho de tela e a capacidade da bateria. O único quesito que parece estranho nos dados vazados é a falta de uma opção com 64 GB de armazenamento, algo que não é exatamente comum no mercado Android.

Responsável pela divulgação dos rumores e por confirmá-los entre suas fontes, o site Android Police afirma que ele tem 9 entre 10 pontos de credibilidade. Levando em consideração o histórico do veículo nesse sentido, são poucas as chances de que a HTC e a Google façam grandes alterações no produto finalizado.

Cupons de desconto TecMundo: